NOTÍCIAS


Vice-presidente do PT quer abrir igreja evangélica ligada ao partido



A fim de aproximar a esquerda do segmento cristão, o vice-presidente nacional do PT falou ao jornal O Globo sobre os planos do partido de abrir uma igreja pentecostal em Maricá, no Rio de Janeiro.

Washington Quaquá é deputado federal eleito e foi prefeito de Maricá pelo PT por oito anos, entre 2008 e 2016. Embora não seja evangélico, ele acredita que a abertura de uma igreja fará com que a comunicação com os evangélicos seja mais “orgânica”.

“Estamos montando o estatuto da igreja e já temos até nome. Será Igreja Jesus Libertador. Temos que fazer essa disputa de narrativa na sociedade de maneira mais orgânica”, disse Quaquá ao Globo.

Com a intenção de ter mais credibilidade com os evangélicos, ele adiantou ao jornal que a denominação que pretende criar será contra a legalização do aborto e das drogas.

O nome da igreja é inspirado em um movimento já existente no PT do Rio, para engajar filiados evangélicos do partido. Materiais do “Jesus Libertador” já vêm sendo distribuídos em agendas do PT pelo estado, “projetando até o que seriam ações de um futuro governo petista em parceria com as denominações”, informa o Globo.

“Estamos incomodados com a mentira disseminada no nosso meio evangélico de que o nosso presidente Lula iria fechar igrejas ou que o PT é o partido do diabo (…). O presidente Lula vai convocar todas as igrejas a participar de um imenso mutirão de combate à fome e de promoção de melhoria de vida do povo mais pobre”, diz um folheto do movimento Jesus Libertador.

Evangélicos já são maioria no Brasil

As campanhas do PT para alcançar os evangélicos explica-se devido a proporção de cristãos protestantes no Brasil. No início do ano, pesquisadores indicaram que o Brasil já teria se tornado um país de maioria evangélica.

De acordo com Francis X. Rocca, Luciana Magalhães e Samantha Pearson, três jornalistas do Wall Street Journal, o declínio do catolicismo no Brasil e em toda a América Latina é definitivo. 

Uma pesquisa Datafolha de janeiro de 2020 mostrou que a proporção de católicos no Brasil correspondia a 51%, enquanto o percentual de evangélicos cresceu para 31%. 

Este cenário, no entanto, está prestes a mudar e, no Rio de Janeiro, isso já aconteceu. Os católicos representam 46% da população, de acordo com o último censo nacional de 2010, e pouco mais de um terço de algumas favelas pobres.

José Eustáquio Diniz Alves, um importante demógrafo brasileiro e pesquisador titular do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), disse ao WSJ que os católicos podem representar menos de 50% de todos os brasileiros até o início de julho.

Carta aos evangélicos

Outra discussão dentro do PT tem sido a possível divulgação de uma carta aos evangélicos, que foi adiada pela segunda vez.

O ex-presidente Lula tem resistido ao gesto, que é defendido por aliados como uma estratégia de campanha necessária para articular com o segmento evangélico.

A carta estava prevista para ser divulgada no último dia 10, mas foi adiada para este sábado (15), durante um ato em São Paulo. No entanto, o evento não aconteceu novamente.

Segundo a GloboNews, a nova data da divulgação da carta deve ser discutida nesta segunda-feira (17).



Fonte: Guiame


17/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO