NOTÍCIAS


Universidade de Asbury encerrará culto ininterrupto, após duas semanas


O site da Universidade de Asbury divulgou um comunicado sobre o encerramento do culto público referente ao “recente derramamento no campus”, que ocorre às 14h (horário local) desta segunda-feira (20).

“A partir de terça-feira, 21 de fevereiro, os cultos abertos ao público serão realizados em uma nova localidade na região central de Kentucky [não informada]. Além disso, a Asbury realizará cultos noturnos para estudantes universitários e do ensino médio (com até 25 anos) até quinta-feira, 23 de fevereiro”, diz ainda o comunicado.

A declaração do presidente da Universidade de Asbury, Dr. Kevin J. Brown, diz que “após a conclusão de um culto regular na capela em 8 de fevereiro de 2023, na Asbury University, os alunos permaneceram para orar, adorar e compartilhar. Eles não pararam e, além disso, foram acompanhados por homens e mulheres famintos em todo o mundo que desejam buscar o Senhor neste espaço”.

Chamando o culto de histórico, ele continua: “Desde o primeiro dia, houve inúmeras expressões e demonstrações de radical humildade, compaixão, confissão, consagração e entrega ao Senhor. Estamos testemunhando o Fruto do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, bondade, generosidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio”.

Estudantes oram no altar na Asbury University. (Foto: Josh Sadlon/The Christian Post).

O presidente explica que “continuamos a procurar discernir o equilíbrio certo entre a ordem para nossos alunos universitários, professores e funcionários e nossos visitantes do campus – e criar espaço para que os indivíduos tenham um encontro centrado em Cristo que transforme suas vidas”.

Antes de concluir, Brown agradece pelos “homens e mulheres que trabalharam tão arduamente e diligentemente para criar espaço para este mover especial de Deus”.

“Hospedar um momento tão significativo tem um custo – e a boa vontade e a humildade de nossa comunidade têm sido inspiradoras. Finalmente, não podemos expressar totalmente a profunda gratidão que temos por administrar esse derramamento na vida de nossa escola e além. Por fim, oramos para que nossos esforços nestes dias apontem para o nosso Salvador”, finaliza e assina o comunicado.

Novo calendário

De acordo com a nota, no início da tarde de domingo (19), a universidade, em consulta com a polícia local e a administração da cidade, notificou os visitantes que chegavam que o estacionamento e os assentos haviam excedido a capacidade. Diante disso, Asbury passaria a transmitir algumas partes do culto ao vivo pelo link asbury.edu/outpouring até quinta-feira, 23 de fevereiro.

“As filas são longas e não podemos garantir a entrada em Hughes. Incentivamos os visitantes a considerar participar de uma das reuniões transmitidas simultaneamente do outro lado da rua em Estes Chapel e McKenna Chapel, ou a uma curta caminhada no GCF/Wilmore UMC”, avisa a universidade.

A programação dos cultos permanece a mesma no Auditório Hughes, com música e adoração, palavra, oração e testemunhos.

Nova programação

Desde domingo (19) a programação de transmissão ao vivo foi reformulada, ficando com a seguinte configuração:

Na segunda-feira, 20 de fevereiro, das 13h às 16h (quando haverá a conclusão do culto público desta recente manifestação no campus da Universidade de Asbury). Das 19h30 às 22h, com presença somente participantes do ensino médio até a idade universitária.

Já, na terça-feira, 21 de fevereiro, será das 19h30 às 22h, somente para alunos do ensino médio até a idade universitária. Na quarta (22), no mesmo horário, participarão os estudantes do ensino médio até a idade universitária e, na quinta (23), O Dia Nacional de Oração do Colegiado, a reunião privada aos alunos será das 20h às 22h. Nesse dia, haverá uma transmissão ao vivo disponível pelo link collegiatedayofprayer.org/live

Outro aviso é de que os cultos da Capela da Universidade de Asbury serão transmitidos ao vivo todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 10h às 10h50 (horário local) e poderão ser acompanhados pelo link https://www.asbury.edu/life/spiritual-life/chapel/live/

Novas diretrizes

Enquanto os cultos puderem ser públicos, a transmissão ao vivo por celulares e fotografias tiradas com flash ainda permanecem proibidas no Hughes Auditorium. A Universidade explica que o pedido é feito “por respeito aos outros e ao que Deus está fazendo aqui.”

A Asbury University vive um grande mover de oração, adoração e quebrantamento. (Foto: Instagram/Allen Hood).

“As vagas são limitadas no Hughes Auditorium e há um tempo de espera para se sentar. Esteja preparado para ficar do lado de fora, potencialmente por um período de tempo significativo”, avisam.

Por segurança, as únicas malas de convidados permitidas no Hughes Auditorium serão bolsas de fraldas, bolsas médicas ou carteiras de mão. Todas as malas serão revistadas, deixam claro.

Início do Avivamento em Asbury

Desde 8 de fevereiro, os alunos da Universidade de Asbury, juntamente com professores, funcionários, administradores, membros da comunidade local e visitantes de fora da cidade, se reúnem no Hughes Auditorium para um momento de renovação espiritual.

Quando a notícia se espalhou, o campus passou a começar receber milhares de pessoas de diversas partes dos EUA e também do exterior.

Em respeito ao mover espiritual, a Universidade cancelou períodos de aulas, deixando os alunos e equipes de professores e funcionários livres para o que estava acontecendo em seu campus.

Considerado por muitos como um reavivamento, veja link, o movimento em Asbury nasceu de forma espontânea e sem liderança, levando jovens estudantes a um profundo encontro com Deus:

“O Senhor está trabalhando enquanto compaixão radical, confissão, mudança e transformação estão ocorrendo”, explica a universidade.



Fonte: Guiame


20/02/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
CONECTADOS COM DEUS