NOTÍCIAS


Três suecos são deportados da Índia por fazer evangelismo



A polícia da Índia está deportando três cidadãos suecos, que estavam no país com visto de turista, por evangelizar moradores de uma região remota no nordeste do país, informaram autoridades na quinta-feira (27).

Os três foram pegos na quarta-feira (26) em uma região de plantio de chá de Naharkatiya, no estado de Assam, e multados em US$ 500 cada por violar os termos de seus vistos, disse GP Singh, policial do estado de Assam.

Eles foram identificados como Marcus Bloom, Hanna Bloom e Susanna Hakansson e enviados para Nova Delhi na quinta-feira, disse Singh.

Eles passaram a noite de quinta no Aeroporto Internacional de Nova Délhi e voarão para Estocolmo na sexta-feira (28).

A imprensa local informou que eles fazem parte de um programa organizado pela United Churches Fellowship e a Rede de Missões Bless Assam.

Perseguição aos cristãos na Índia

Colocada em 10º lugar na Lista Mundial da Perseguição da Portas Abertas, a Índia tem perseguido cristãos por meio da paranoia ditatorial e o nacionalismo religioso. O foco no hinduísmo gera intolerância e hostilidade a todos aqueles que pensam em ter uma fé diferente daquela imposta pelos governantes.

Cristãos vivem sob pressão para que se “reconvertam”, caso contrário, são boicotados pela comunidade o que os leva à vulnerabilidade social. Por conta disso, muitos cristãos vivem isolados e não possuem a menor chance de participar de reuniões e cultos.

As leis anticonversão estão vigentes em nove estados indianos e os demais estão considerando adotar essas leis também, que servem para intimidar e assediar os cristãos.



Fonte: Guiame


28/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO