NOTÍCIAS


Tenista russo se une a cristãos para ajudar refugiados ucranianos na Polônia


A invasão da Rússia à Ucrânia milhões de pessoas tem deixado tudo para trás para escapar do conflito, gerando até o momento mais de 5 milhões de refugiados, segundo a ACNUR, Agência da ONU para Refugiados.

Em resposta a essa enorme tragédia humanitária, muitos indivíduos e grupos, inclusive russos que não concordam com a invasão da Ucrânia pelo seu governo, estão fazendo o que podem para ajudar os que sofrem com a guerra, que completa 5 meses.

Dentre eles, o tenista profissional russo Artem, que até se ofereceu como voluntário da CBN para ajudar os refugiados ucranianos na Polônia.

“Quando eu estava passando um hambúrguer para uma jovem da Ucrânia, ela me perguntou: ‘De onde você é?’ Eu disse: ‘Sou da Rússia e estou aqui porque amo vocês.’ E ela disse: ‘Isso é bom, mas eu não te amo'”, conta Artem.

Voluntários oram com refugiados ucranianos na Polônia. (Captura de tela CBN News)

“E naquele momento, eu disse: ‘Eu entendo você, acho que você tem o direito de dizer isso por causa do que está acontecendo em seu país e sinto muito por isso, mas Deus te ama e eu nunca gostaria de ver isso. acontecendo com seu país.’ E em alguns segundos, ela olhou para mim e disse: ‘Talvez você seja a única pessoa de todos os russos que eu possa amar'”, relembra ele.

Artem é um tenista profissional de São Petersburgo, na Rússia. Quando a guerra estourou na Ucrânia, ele foi a Varsóvia para ajudar os refugiados ucranianos que fugiam para a Polônia.

Artem testemunha sobre ajuda a ucranianos na Polônia. (Captura de tela CBN News)

“Deus ama cada pessoa, especialmente os pobres. Por isso, meu coração está atrás daquelas pessoas que estão passando por sofrimento, experimentando dor e para ajudá-las de qualquer maneira possível, mas também para apresentar a elas as boas novas, as coisas que podem realmente mudar sua vida”, diz ele.

Ajuda humanitária e espiritual

Artem é voluntário da Promessa de Órfão e Bênção da Operação. Eles contribuem com ajuda física e espiritual, compartilhando o Evangelho com as pessoas nesses lares de refugiados.

Em uma casa, seis pessoas foram batizadas recentemente depois de entregarem suas vidas a Jesus.

Artem ajuda a batizar ucranianos na Polônia. (Captura de tela CBN News)

“Porque é a melhor coisa que pode acontecer a alguém. Deus mudou minha vida há seis anos, e eu não gostaria de trocá-la por nada. Esta é a melhor decisão que tomei e vejo os frutos que Deus traz isso”, explica Artem.

O tenista voluntário diz que entende o risco de ser um russo ajudando o povo da Ucrânia, mas diz acreditar que Deus o chamou para estar lá por um momento como este.

“Deus nos coloca em épocas extremas às vezes e esta é a época em que acredito que Ele está chamando as pessoas e Ele está nos pedindo para estarmos ativamente envolvidos em Seu trabalho, e eu não gostaria de trocar este lugar por qualquer outra coisa agora. Amanhã, se eu vir um ucraniano no céu e ele ou ela disser que eles estão lá por minha causa, eu ficaria muito honrado. Não há privilégio melhor ou maior do que isso.”



Fonte: Guiame


21/07/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO