NOTÍCIAS


Quatro asteroides passam pela Terra no Yom Kippur, segundo dados da NASA


O rastreador de asteroides da NASA identificou que quatro asteroides passariam pela Terra durante as celebrações do Yom Kippur, também conhecido como Dia da Expiação ou Dia do Perdão.

Dois dos asteroides devem passar pela Terra nesta terça-feira (4), que é véspera da festa bíblica, e outros dois asteroides passarão pelo planeta na quarta-feira (5), dia de Yom Kippur.

Os quatro asteroides que passam pela Terra em Yom Kippur são bem pequenos, medindo entre 8 e 32 metros de largura. Eles foram nomeados pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA como 2022 SM21, 2022 SO11, 2018 VG e 2022 SJ28.

O Yom Kippur era uma das datas mais importantes no Antigo Testamento: era o dia da expiação anual pelos pecados do povo de Israel.

Segundo a crença judaica, durante o Yom Kippur, Deus determina nossos destinos e julga nossas ações, decidindo quem vive e quem morre. É por isso que este feriado tem o foco no arrependimento, perdão e julgamento.

Interpretação dos rabinos de Israel

Para Yosef Berger, rabino da Tumba do Rei Davi no Monte Sião, os asteroides por si só não são motivo para alarmar, mas sim o contexto — que envolve ameaças e crises em escala global. 

“Até alguns anos atrás, os problemas eram locais. As guerras aconteciam entre dois países”, disse Berger ao site Israel 365 News. “Todas as pessoas no mundo foram afetadas pela Covid. Pela primeira vez em 80 anos, uma guerra ameaça engolir o mundo e há ameaças de armas nucleares. Estamos começando o ano após o Shemitá (ano sabático); os sábios nos dizem que é quando o Filho de Davi vem. O Talmude afirma que as guerras aumentam no ano seguinte ao Shemitá”.


(Foto: Unsplash)

O rabino Berger acredita que eclipses solares que coincidem com datas bíblicas importantes apresentam alguns sinais. Até mesmo a morte da Rainha Elizabeth ll, que ocorreu no período de Rosh Hashaná, “marca o início de um processo” previsto por antigos rabinos.

Sinais nos céus

“Os eventos podem parecer discrepantes e desconectados para nós, mas não são. Quando um pai quer mudar o comportamento de seu filho, ele começa com advertências e gradualmente mostra a ele que há consequências para o mau comportamento. O pai fará os avisos gradualmente mais altos e mais intensos.”

“Alguns pequenos asteroides não são motivo de preocupação”, observou o rabino Berger. “Mas chegando em Yom Kippur depois de um ano como o que vivemos, e depois de tantos outros presságios, certamente devemos prestar atenção. Assim como um pai dá muitas pequenas dicas antes de punir seu filho, Deus também está nos enviando muitas pequenas dicas.”

Por fim, Berger deixou um aviso: “Em Yom Kippur, os céus estão abertos para nossas orações e nosso teshuvá (arrependimento). Agora é a hora de orar como nunca antes.”



Fonte: Guiame


04/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO