NOTÍCIAS


Por que você louva a Deus?



Motivos não faltam. A vida que diariamente pulsa em nós e ao nosso redor, diz em alto e bom som sobre os muitos favores, dádivas e bênçãos com as quais o Eterno nos brinda a cada dia. Suas misericórdias são novas a cada manhã e, como já dito nas escrituras, são sem fim.

Cada um, no entanto, tem motivos bem particulares para dedicar louvores a Deus. São histórias de lutas, de dores, de vitórias, de conquistas, de amores, de afetos, de famílias, de curas, de resgates, de libertações, de conversões, de mudanças, de descobertas, de aprendizados, de lágrimas, de risos. E todas contando singularidades maravilhosas das ações de Deus.

Por outro lado, apesar das constantes expressões do cuidado de Deus em relação a sua criação, muitos simplesmente não O louvam. Acham que é tudo obra do acaso, grandes coincidências que o destino determina. Também tem nesse grupo os que até acham que o que acontece é intervenção de Deus, porém se Ele fez algo bom, fez porque quis, porque é sua obrigação de Deus fazer.

Em relação aos seguidores de Cristo, graças a Deus, a grande maioria tem encontrado inúmeros motivos para louvá-lo, independente dos eventos negativos, ameaçadores, destruidores e amedrontadores. Seja na dor, na alegria, na vida ou na morte, multidões de seguidores seguem louvando a Deus, porque já entenderam que Ele é soberano e sabe muito bem o que está fazendo.

O salmista nos dá uma resposta direta para essa pergunta. Ainda que você não seja um estudioso dos Salmos, já deve saber que muitos poemas ali registrados, falam de guerras, de perdas, de lutos, de exílios, de angústia, de tristeza, de vergonha, de dor, de pecado. E mesmo com estes conteúdos que povoam a vida de todos, o salmista segue louvando e engrandecendo a Deus.

Numa das muitas respostas que os Salmos nos apresentam, a pergunta “Por que você louva a Deus?”, no Salmo 66, em seu último verso, o 20, somos impactados com a seguinte resposta: “Eu louvo a Deus porque Ele não deixou de ouvir a minha oração e nunca me negou o seu amor.” (NTLH). Incrível resposta! Ele sempre me ouve! Ele jamais me nega o seu amor!

São necessários mais motivos? Não sei sua resposta, mas sei a minha, os dois motivos do salmista são mais que suficientes para mim, pois saber que o amor dele nunca me rejeita e que sua atenção divina sempre me ouve, me enche de gratidão e esperança. O fato é que sobram motivos para louvá-lo, porém infelizmente têm faltado corações e reconhecimento para louvá-lo. Sobram lamentos, falta gratidão. Louve a Deus, independente do quadro atual, louve a Deus, Ele continua ouvindo, Ele continua amando.

Edmilson Ferreira Mendes é escritor, pastor, teólogo, observador da vida.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O medo do Jô



Fonte: Guiame


18/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO