NOTÍCIAS


Pastor russo é condenado por “trabalho missionário ilegal”, após realizar culto



Um tribunal russo multou o pastor sênior da Primeira Igreja Cristã Batista Evangélica de Bryansk, Mikhail Lipsky sob acusação de “trabalho missionário ilegal”.

O Tribunal Distrital da cidade de Bryansk, na Rússia, disse que, em janeiro Lipsky e Pavel Zelenchikov realizaram um culto no auditório do centro cultural municipal de Gorky “sob o disfarce de um concerto cultural, quando estavam presentes pessoas não religiosas”.

A promotoria afirmou que durante o encontro também houve palestras e distribuição de literatura religiosa, porque intenção do pastor era atrair pessoas para aderir à sua fé, informou o News Bryansk.

De acordo com o tribunal, essas ações foram “uma implementação de atividade missionária com violação da legislação sobre liberdade de consciência, liberdade de religião e associação religiosa”.

Os pastores também foram acusados de “realizarem chamadas para [pessoas] assistirem a reuniões religiosas pentecostais, através das quais introduzem formas ‘modernas’ de comunicação de acordo com ‘padrões ocidentais’”.

Violação dos requisitos de segurança antiterroristas

O News Bryansk informou que as atividades da Primeira Igreja de Batistas Evangélicos Cristãos violavam os “requisitos de segurança antiterroristas”, razão pela qual a congregação recebeu uma recomendação para não cometer as infrações.

A Associação Regional de Igrejas Cristãs Evangélicas de Bryansk recebeu relatórios alarmantes de jornalistas do Bryansk News, informando que seu pastor sênior Nikolai Konyakhin “estava conduzindo propaganda antirrussa” em uma igreja pentecostal.



Fonte: Guiame


25/04/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
É PARA ADORAR