NOTÍCIAS


Pastor batista e esposa são sequestrados na Ucrânia



Após o sequestro do dia 21 de setembro, o pastor Leonid Ponomaryov e sua esposa Tatyana, continuam desaparecidos. O casal foi levado da igreja em Mariupol, que foi ocupada pelos russos, por homens armados e mascarados, em uniformes militares. 

De acordo com notícias do Forum 18 News Service, do dia 6 de outubro, o pastor fazia parte do Conselho de Igrejas Batistas. Antes do sequestro, as autoridades revistaram a casa do casal por cerca de duas horas e meia.

Além disso, os militares russos também revistaram e selaram a igreja de Ponomaryov, identificada como Igreja Batista da Rua Kurchatov. Toda a literatura cristã que havia no local foi apreendida. 

Sobre o sequestro do casal 

Os vizinhos disseram que ouviram gemidos e gritos enquanto o casal era levado pelos homens mascarados. Os membros da Igreja que tentaram saber o que aconteceu não encontraram respostas. 

Já as autoridades russas, alegaram que o casal estava envolvido em “atividades extremistas”, mas não se sabe se eles foram acusados ​​de algum crime. 

Os filhos, amigos e colegas do casal ainda não conseguiram entender o motivo do sequestro e também não tiveram informações sobre o local para onde o pastor e as esposa foram levados.

Os filhos emitiram um comunicado em 1º de outubro agradecendo à comunidade batista por suas orações, pois várias igrejas estão orando e jejuando pelo retorno do casal: “Há muitos dias que não sabemos nada sobre eles”.

Casal permanece desaparecido

“Um grupo de membros da igreja de Mariupol e Rostov percorreu todas as agências e instituições, não apenas em Mariupol, mas no centro regional [Donetsk], e não foram informados sobre nossos pais em nenhum lugar”, disseram os filhos.

Embora as autoridades russas não tenham respondido aos pedidos de informações do Fórum 18, um oficial do Ministério do Interior russo disse a parentes que o casal seria libertado após os referendos controlados pela Rússia, de 27 de setembro, para anexar Donetsk e três outras regiões ocupadas pelos russos na Ucrânia. 

Os referendos de 27 de setembro foram ilegais sob a lei ucraniana e internacional e não foram oficialmente reconhecidos pelos EUA e pela comunidade internacional.

Mas a Rússia ocupou oficialmente Mariupol desde maio, na guerra que o país lançou contra a Ucrânia em fevereiro. Desde então, a Rússia selou muitas igrejas e confiscou equipamentos.

Mas, apesar do referendo e do fechamento forçado de algumas igrejas cristãs, outras congregações, incluindo pelo menos duas batistas do Conselho, ainda podem realizar cultos aos domingos.

O Fórum 18 explicou que o Conselho de Igrejas Batistas têm “igrejas não registradas” na Ucrânia e que se reúnem em propriedades pertencentes a um ou dois membros da igreja.



Fonte: Guiame


11/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO