NOTÍCIAS


“O Senhor é marido para as viúvas”, diz cristã que viu família ser morta pelo Boko Haram



Rebecca, uma cristã da Nigéria, viu impotente militantes do Boko Haram assassinarem seu esposo e filho.

“Não havia nada que pudéssemos fazer para nos defender. Fiquei devastada. Chorei por muitos meses”, disse Rebecca, no documentário “Rebecca: Nigeria” da Voz dos Mártires (VOM), que contou sua história de perseguição.

Após o ataque, a mulher resgatou a Bíblia da família em meio às cinzas de sua casa incendiada.

Rebecca contou que o exemplar foi um presente dado pela igreja no dia de seu casamento e que, ela e o marido, costumam ler a Palavra juntos todos os dias.

“Eu ainda uso essa Bíblia. Isso me lembra a fidelidade de Deus”, revelou.

Mesmo em meio a dor, a cristã perseguida manteve a fé e experimentou o cuidado de Deus.

“O Senhor é um marido para todas as viúvas. Eu olho para Ele em todas as necessidades. Isso é o que eu ainda estou segurando”, testemunhou ela.

O documentário foi lançado pela VOM para o Dia Internacional de Oração pelos Cristãos Perseguidos, que aconteceu na segunda-feira (8).

Para Todd Nettleton, chefe de relações com a mídia da Voz dos Mártires, contar a história de Rebecca é uma forma de mostrar a realidade dos cristãos perseguidos e a importância de orar pela Igreja Perseguida.

Nettleton disse que espera que “os recursos deste ano da VOM levem centenas de milhares de cristãos em todo o mundo a orar por nossa família na Nigéria e nossos membros espirituais da família em outras nações restritas e hostis”.

Alvos constantes de ataques

As comunidades cristãs na Nigéria se tornaram alvos constantes de ataques de radicais, devido a sua fé.

O país africano foi o lugar onde mais cristãos morreram em 2021, registrando 4.650 mortes, segundo o relatório da Portas Abertas. O número de cristãos sequestrados também foi maior na Nigéria, com mais de 2.500.

“A situação na Nigéria continua a se deteriorar. O fracasso total do governo nigeriano em reinar no extremismo criou um ambiente em que os extremistas se sentem justificados para atacar os cristãos”, declarou David Curry, CEO da Portas Abertas.

Na Lista Mundial da Perseguição de 2022 dos países onde é mais difícil ser cristão, a Nigéria saltou para o sétimo lugar, sua classificação mais alta de todos os tempos, do 9º lugar no ano anterior.



Fonte: Guiame


09/11/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO