NOTÍCIAS


“O Anticristo será encantador e as pessoas irão segui-lo cegamente”, alerta pastor



Já estamos no fim dos tempos? O pastor egipcio-americano, Michael Youssef, fez essa pergunta em seu último livro “O fim está próximo? O que Jesus nos contou sobre os últimos dias”. 

Pensando nessa dúvida que persegue muitos cristãos, sempre que observam os acontecimentos caóticos, Youssef disse que em vez de especular, o melhor que se pode fazer é “confiar no que Jesus já disse sobre o assunto”. 

De acordo com o Faithwire, o escritor disse que ao questionar sobre o fim dos tempos, os discípulos ouviram Jesus falar sobre a primeira e a segunda vinda. 

“Jesus examinou dois eventos específicos em Mateus 24 e 25 — a queda de Jerusalém em 70 d.C. e o fim dos dias”, disse Youssef explicando que sempre “se apega à Palavra de Deus” ao invés de sua opinião ao discutir tais assuntos.

‘Há pregadores passando pela desconstrução”

Youssef menciona que, ao falar sobre o tempo do fim, Jesus usou como simbologia uma “mulher grávida”. 

“Jesus citou as ‘dores do parto’, que sempre estiveram conosco. Mas, quando você percebe que a dor fica cada vez mais próxima, sabe que o momento da felicidade está prestes a acontecer e você sabe que o bebê está prestes a nascer”, relacionou. 

O pastor lembra também que Jesus deixou sinais para dizer a seus seguidores que um dia retornará. Entre os sinais, falou sobre a apostasia. Sobre isso, Youssef aponta para o abandono da fé em massa que, atualmente, está se desenrolando sob o guarda-chuva do chamado movimento de desconstrução.

“Estou falando de pessoas na igreja. Quantas vezes ouvimos sobre pregadores e cantores que estão passando por desconstrução? Eles estão se afastando da fé e isso está acontecendo em todo o mundo, na Europa e em todos os lugares”, enfatizou. 

Chegada do Anticristo

Ao falar sobre a chegada do Anticristo, Youssef disse que é uma figura que recebe muita atenção nos círculos escatológicos. Porém, muitos assumem que ele será alguém semelhante a Adolf Hitler ou algum outro líder diabólico.

Essa avaliação pode estar totalmente errada, de acordo com o pastor: “Ele vai ser encantador. Ele vai ser tão atraente que as pessoas dirão: ‘Uau, queremos seguir esse cara’. E eles o seguirão cegamente”, apontou. 

Ao citar também o período de pandemia por Covid-19, Youssef lembrou do autoritarismo que se destacou na civilização ocidental. “As pessoas simplesmente obedeceram. E será assim com o Anticristo”, frisou. 

“Ele será o próprio emissário de Satanás, que tentará persuadir o mundo a acreditar nele e a segui-lo”, continuou. 

Youssef finalizou com um alerta a todos os cristãos: “Aconteça o que acontecer, se apeguem à fé, especialmente nessa época de tantas falsas pregações. Os crentes precisam permanecer fortes e olhando para cima”, concluiu.



Fonte: Guiame


04/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO