NOTÍCIAS


Militantes invadem Igreja Quadrangular e queimam bandeira do Brasil



Uma Igreja do Evangelho Quadrangular na região central de São Paulo foi invadida por três jovens na madrugada de segunda-feira (24), em um ato de vandalismo contra o templo.

Câmeras de segurança da Igreja do Evangelho Quadrangular da praça Olavo Bilac, no bairro Campos Elíseos, registraram o momento em que três pessoas subiram os portões do templo e atacaram a bandeira do Brasil.

“Os militantes arrancaram a bandeira nacional que estava na frente da igreja, atearam fogo na bandeira e invadiram a área do estacionamento”, informou a página oficial da Igreja do Evangelho Quadrangular.

De acordo com o pastor da IEQ Olavo Bilac, Davi Rodrigues, a igreja também foi alvo de depredação. “Foram quebrados vidros”, relatou em vídeo. “Três pessoas subiram nas grades da Igreja Quadrangular (…), subiram e arrancaram, além de quebrar o luminoso onde consta Igreja do Evangelho Quadrangular e, além disso, arrancaram a bandeira brasileira.”

“Dá para perceber perfeitamente qual é a ideia deles”, destacou o pastor.

Segundo a nota da igreja, as imagens da câmera de segurança foram encaminhadas à polícia, que está investigando o caso.

“Nos indignamos com o que aconteceu. Eu não posso aceitar isso em nosso país e nem em nossa igreja. Procuremos ficar na paz do Senhor apesar desse momento triste”, disse o pastor Davi Rodrigues.

PT pediu multa à igreja por uso da bandeira

Não é a primeira vez que o uso da bandeira nacional em templos provocam reações. Semanas atrás, por estender a bandeira do Brasil na fachada da mais antiga igreja Assembleia de Deus no país, em Belém do Pará, o pastor Samuel Câmara foi surpreendido por uma ação do Partido dos Trabalhadores (PT).

O pastor explicou, através de um vídeo que seu filho postou no Instagram, “que o PT, através da Federação Fé Brasil, do candidato Lula, pediu à justiça eleitoral que mandasse retirar a bandeira, pagasse 50 mil reais de multa ou prendesse o representante”.

“Eu sou o pastor da igreja, fazemos isso há muito tempo e nunca ninguém se incomodou. Por que só agora, em tempo de eleição, o PT faz isso?”, Samuel Câmara questionou.

O pedido absurdo feito pela Federação Brasil da Esperança, formada por PT, PCdoB e PV, foi negado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em 14 de outubro.



Fonte: Guiame


26/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO