NOTÍCIAS


Milhares de crianças são alvos de perseguição por sua fé em Jesus



O Dia das Crianças, que é comemorado no dia 12 de outubro, não é só um dia de festa e brincadeiras, mas também um dia de alerta sobre a situação das crianças ao redor do mundo.

A data permite que as pessoas pensem em formas de proteger, amar e defender a próxima geração. De acordo com a Portas Abertas, a realidade de milhares de crianças, hoje, não pode ser celebrada.

É o caso daquelas que enfrentam diversas formas de perseguição — desde a proibição de ir à escola até agressões físicas e sequestros. “Diariamente, elas precisam lidar com grandes desafios apenas porque escolheram seguir a Jesus, e a comunidade onde vivem não aceita essa escolha”, diz a organização.

Casamento forçado, violência sexual e recrutamento

Muitas meninas cristãs são escolhidas para casamentos forçados e são violentadas sexualmente. Outras, são vendidas como mercadoria e essa é uma forma de puni-las pela fé em Cristo. 

Já os meninos são recrutados para milícias ou grupos extremistas, que costumam ter os jovens como alvos para impedir a formação de uma nova geração de cristãos. 

Eles acreditam que assassinando ou sequestrando as crianças vão conseguir enfraquecer e até mesmo extinguir a igreja cristã nos locais que dominam.

Infelizmente, essa é a realidade de muitas crianças que vivem em países onde há perseguição aos cristãos. Em vez de elogios e palavras bonitas, elas ouvem xingamentos e essa pressão psicológica afeta a identidade e a saúde emocional.

Porém, a presença de Jesus na vida das crianças e de suas famílias é muito maior do que o medo e as incertezas.

Ideologias majoritárias

Em países onde prevalecem outras religiões e o cristianismo é minoria, as ideologias majoritárias visam pressionar a conversão ou usar a violência como resposta à rejeição da religião da maioria. 

Essa pressão acontece, muitas vezes, através de muita violência e hostilidade. Em ao menos 28 países, filhos de líderes de igrejas e convertidos são alvo de extremistas religiosos. 

De acordo com um relatório recente da ONU, metade de todas as crianças do mundo — mais de um bilhão — experimentam violência todo ano: na comunidade, na escola, em casa e até através das redes sociais. 

Quase um terço dos países registra que crianças e jovens mortos por causa da fé pertenciam a famílias ou comunidades cristãs. Todos são pressionados a participar da religião da maioria ou priorizarem a lealdade ao Estado.

Neste Dia das Crianças, ore pelos pequenos que enfrentam os desafios de serem perseguidos por amor a Jesus e por suas famílias. Ore pelos meninos que são alvos dos cartéis de drogas e pelas meninas que são violentadas ou subjugadas a casamentos forçados. 



Fonte: Guiame


11/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO