NOTÍCIAS


Menino de 8 anos sobrevive a tiroteio e mãe testemunha: “Prova viva do poder da oração”


O tiroteio em massa de Highland Park, que aconteceu no feriado de 4 de julho nos EUA, fez oito vítimas fatais – seis pessoas morreram na hora, enquanto outras 31 pessoas foram transportadas para dois hospitais.

Entre os feridos estava Cooper Roberts, de 8 anos, que ficou paralisado depois de ser baleado. O menino está melhorando após sofrer uma infecção e colapso parcial do pulmão, e passar por uma cirurgia para um rasgo em seu esôfago.

Os tiros que atingiram Cooper atingiu sua coluna, deixando a criança paralisada da cintura para baixo.

Após ter melhorado dias depois do tiroteio, o menino piorou no início desta semana, voltando a estado crítico, quando sofreu uma nova infecção e um pulmão parcialmente colapsado, além de uma abertura em seu esôfago, revelou um porta-voz da família.

Felizmente, os cirurgiões conseguiram encontrar e fechar o vazamento no esôfago, e sua condição estava sendo monitorada de perto.

“Os próximos dias serão críticos para garantir que ele responda positivamente. A família está muito grata pelo apoio e orações que foram compartilhadas por tantos”, escreveu Georgette Topalis em uma atualização em uma página do GoFundMe para Cooper.

O menino Cooper Roberts, vítima do tiroteio em massa em Highland Park, EUA. (Foto: Arquivo pessoal)

Na manhã de quinta-feira, o porta-voz da família Anthony Loizzi postou outra atualização no Facebook.

“Ele foi para a cama ontem à noite com uma febre perigosamente alta, fluido nos pulmões e em um ventilador”, escreveu Loizzi. “Então eu recebi a seguinte mensagem da mãe dele esta manhã: ‘Cooper é a prova viva do poder da oração… Esta manhã… ele simplesmente acorda sem febre. Nenhuma. Respirando pela ventilação. Números todos perfeitos. Os pulmões parecem bons e ele vai ser retirado do tubo de respiração hoje mais tarde. Ele é um milagre. Ele vai mudar o mundo. Realmente, realmente ele é. Ele vai continuar lutando e será a pessoa (embora apenas uma pessoa bonitinha) para ensinar ao mundo que o amor vence. Que o bem pode, e irá, derrotar o mal.'”

Várias cirurgias

A mãe de Cooper, Sra. Roberts, também foi baleada e ferida. O irmão gêmeo de Cooper, Luke, foi ferido por estilhaços.

Também nos disseram que os médicos não conseguiram remover todos os estilhaços do corpo de Luke. Mas ele recebeu alta do hospital e está se recuperando em casa.

A mãe deles ficou gravemente ferida – baleada duas vezes na região do pé e da perna. Ela passou por várias cirurgias, mas o porta-voz da família disse que quando soube que a medula espinhal de seu filho foi cortada, ela exigiu ser liberada do hospital onde estava sendo tratada para poder ficar ao lado dele.

Quatro pessoas da família Roberts foram feridas no tiroteio. (Foto: Arquivo pessoal)

“Depois que ela recebeu sua segunda cirurgia e recebeu a notícia de que a medula espinhal de Cooper havia sido cortada, ela disse a seus médicos e enfermeiras que eles deveriam dar alta ou ela sairia sozinha”, disse Loizzi.

A Sra. Roberts ainda pode precisar de mais cirurgias. Seu marido Jason também estava no desfile, mas não ficou ferido. As quatro irmãs adultas de Cooper e Luke – Payton, Ella, Grace e Emily – não participaram do evento.

A família criou uma página no GoFundMe para ajudar com as despesas. É a ajuda que eles vão precisar por meses. A ajuda coletiva já levantou mais de US$ 1,5 milhão para as despesas médicas de Cooper até agora.



Fonte: Guiame


20/07/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO