NOTÍCIAS


McArthur repudia campanha de aborto com Bíblia na Califórnia: “Oramos por arrependimento”



O pastor John MacArthur repudiu a campanha de outdoors pró-aborto usando a Bíblia para convencer mulheres a abortar, em carta aberta ao governador da Califórnia, Gavin Newsom.

Em setembro, Gavin anunciou uma nova campanha publicitária em outdoors, oferecendo aborto a mulheres de estados dos Estados Unidos em que a prática foi proibida, após a Suprema Corte derrubar o direito à interrupção da gestação.

Os outdoors foram colocados nos estados pró-vida Texas, Indiana, Mississippi, Ohio, Carolina do Sul, Dakota do Sul e Oklahoma. 

Campanha em outdoors

Em um dos outdoors, a passagem da Bíblia de Marcos 12:31, “Ame o seu próximo como a si mesmo. Não há mandamento maior do que este”, é usada, fora de contexto, para incentivar as mulheres a irem até a Califórnia para abortarem.

O líder da Grace Community Church começou sua carta aberta afirmando que o governo de Newson provocou um aumento do crime, dos moradores de rua, da homossexualidade e do transgenerismo na Califórnia.

“Não preciso detalhar ou elaborar as muitas decisões imorais que você cometeu contra Deus e o povo de nosso estado, que apenas exacerbaram esses problemas”, escreveu MacArthur. 

“No entanto, meu objetivo ao escrever não é lutar contra sua política, mas sim pedir que você ouça e preste atenção ao que a Palavra de Deus diz aos homens em sua posição”.

Promovendo a matança de crianças

O pastor condenou a campanha pró-aborto, ressaltando que a ação mostra a todo o país o “quão completamente rebelde” Newsom é contra Deus “promovendo a matança de crianças, a quem Ele cria no ventre (Salmo 139:13-16 ; Isaías 45:9-12 )”.

John MacArthur também criticou o governador democrata por usar incorretamente a passagem bíblica de Marcos 12:31, lembrando do versículo anterior que diz: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças” (Marcos 12:30).

“Você não pode amar a Deus como Ele ordena enquanto ajuda no assassinato de seus portadores de imagem”, ponderou o líder.

No final da carta, McArthur alertou Newson que sua alma “está em grave perigo eterno” e o exortou a se arrepender e se render a Jesus, antes que seja tarde demais.

“Nossa igreja, e inúmeros cristãos em todo o país, estão orando por seu arrependimento total”, escreveu o pastor.

“Responda ao Evangelho, abandone o caminho da maldade que você tem seguido por toda a sua vida, volte-se para Cristo, peça perdão e use seu ofício para promover a causa da justiça (como é seu dever) em vez de miná-la (como tem sido seu padrão)”, concluiu John MacArthur.

Califórnia: “Santuário do aborto”

Nos últimos meses, a Califórnia tomou uma série de medidas para se tornar um “santuário do aborto”, após a decisão da Suprema Corte dos EUA, que derrubou o direito ao aborto e vários estados restringiram a prática.

O estado californiano lançou um site promovendo o aborto para menores de idade, imigrantes e mulheres de estados pró-vida.

O site fornece informações sobre clínicas de aborto, pílulas abortivas e assitência para viajar à Califórnia. E ainda afirma que menores de 18 anos não precisam de autorização dos pais para abortar ou informar sobre o procedimento feito no estado.

 



Fonte: Guiame


30/09/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO