NOTÍCIAS


Marido lamenta ver esposa à beira da morte até ouvir a Deus: “Ela viverá”


Em junho de 2013, a americana Tina teve um dia difícil e decidiu relaxar em sua banheira. 

“Me lembro de estar muito estressada, com uma dor de cabeça horrível e só queria entrar no banho e relaxar; apenas ter alguns momentos de paz na banheira”, contou ela, em entrevista à CBN News.

Esse é o último momento que Tina lembra daquele dia. Logo depois, ela foi encontrada pelo filho passando mal e tentando pedir socorro.

“Soou como whooo-whooo. Minha mãe estava desmaiada e ela estava tentando dizer ‘socorro, socorro’, mas soou como ‘whoo-whooo’”, disse o filho John.

Ele chamou seu pai. Randy lembrou: “Eu fui ao banheiro e abri a porta do chuveiro e a vi deitada na banheira de bruços, fazendo um barulho horrível. Foi aterrorizante”.

Imediatamente, o marido fez uma oração desesperada e ligou para a emergência. “A primeira coisa que eu disse foi: Jesus, por favor, me ajude!’ e pedi a Ele para proteger minha esposa”.

Tina foi levada às pressas para o hospital e os médicos descobriram que uma artéria do seu pescoço havia estourado, provocando um vazamento de sangue para o cérebro.

“Quando um paciente chega com um aneurisma carotídeo rompido, o prognóstico é sombrio. Se eles ficarem inconscientes ou em coma, provavelmente morrerão. Eles terão um risco de morte de 40% nas primeiras 24 horas”, explicou o Dr. Steven Norris.

A equipe médica informou a Randy que Tina não resistiria à uma cirurgia e que a família deveria se preparar para seu falecimento.

Prognóstico de Deus


Após sofrer um aneurisma, Tina tinha poucas chances de sobreviver. (Foto: Reprodução/CBN News).

Entretanto, Deus previu um cenário diferente para sua esposa. “É o seu pior pesadelo, porque minha mãe morreu de uma lesão cerebral, então eu sei o que isso pode fazer. Mas, parei e verifiquei meu espírito para ver o que o Senhor estava dizendo. E a primeira coisa que Ele disse é: ‘Ela viverá e não morrerá’”, testemunhou ele.

Então, a família e amigos se reuniram na sala de espera da UTI e intercederam a noite toda por um milagre.

“Quando as orações estavam chegando, parecia que os exércitos do Senhor estavam acampados ao nosso redor”, disse Randy.

Tina sobreviveu a primeira noite, mas o sangue ainda continuava vazando para seu cérebro, a deixando paralisada do pescoço para baixo.

Ela foi transferida para o Hospital Southwestern Medical Center da Universidade do Texas e passou por uma cirurgia para estancar o sangramento.

Mesmo com o procedimento, o prognóstico de Tina ainda não era positivo. “Após a cirurgia, ela ainda tinha um risco significativo de mortalidade. Até 25% dos pacientes com esse nível de lesão morrerão nos seis meses seguintes”, afirmou o Dr. Norris.

Os médicos afirmaram à família que mesmo que ela sobrevivesse, poderia ter lesões cerebrais sérias, causando dificuldades na fala, memória e estado vegetativo.

Vendo o milagre pelos olhos da fé

“Eu tive que ignorar o que meus olhos viram e focar apenas no que meu coração viu. Acabamos descobrindo que muitas pessoas estavam orando por nós e igrejas inteiras”, relatou Randy.

Sete dias após a cirurgia, o milagre começou. Tina foi retirada do coma induzido e, para surpresa dos médicos, ela estava consciente e falando normalmente. 

Porém, a mulher ainda estava com 90% do corpo paralizado e as orações continuaram por uma restauração completa.

Uma semana depois, Tina passou a sentir suas pernas e braços, e com ajuda, conseguiu ficar de pé. No dia seguinte, ela deu seu primeiro passo sozinha.

Restauração completa


Após sofrer um aneurisma, Tina tinha poucas chances de sobreviver. (Foto: Reprodução/CBN News).

“Foi um grande momento de ‘aleluia’! Jesus é totalmente fiel e nunca falha”, declarou Randy.

Tina começou a reabilitação e sete semanas depois de sofrer o aneurisma, recebeu alta e voltou para casa.

“Foi o melhor momento da minha vida. Eu apenas chorei e tentei agradecer ao Senhor por me dar este momento; por me deixar ter uma segunda chance na vida”, afirmou.

O Dr. Norris, que tratou a mulher, concordou que se caso é um verdadeiro milagre do Senhor.

“Fiquei realmente surpreso com a recuperação dela. Isso simplesmente não deveria ter acontecido. Acredito que Deus desempenhou um papel em sua recuperação. Deus colocou a mão nisso”, ressaltou.

Hoje, depois de três anos do incidente, Tina está completamente curada e sem nenhuma lesão cerebral.



Fonte: Guiame


25/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO