NOTÍCIAS


Mais de 225 mil Bíblias traduzidas são enviadas a crianças na Macedônia do Norte



A Macedônia do Norte, com quase 2 milhões de habitantes, é um país carente de publicações cristãs, incluindo a Bíblia traduzida para o idioma local.

Com o objetivo de suprir essa necessidade, a Eastern European Missions (EEM), que imprime e distribui Bíblias gratuitas para a Europa Oriental e nações vizinhas, está oferecendo as Escrituras para os macedônios.

Fundada em 1961, a organização começou quando um pequeno grupo de missionários passou a introduzir Bíblias na União Soviética e continuou fornecendo acesso às Escrituras em lugares aparentemente inacessíveis.

Assim, a EEM entrega Bíblias em acampamentos de jovens, escolas, centros de refugiados e outros lugares que precisam da Sagrada Escritura.

Permissão do governo

Recentemente, mais de 225.000 Bíblias infantis foram entregues à Macedônia do Norte após o governo do país ouvir sobre o trabalho da EEM e autorizar o grupo a distribuir o material.

A campanha de arrecadação de fundos do grupo “Bíblias para Crianças” foi possível graças a doações.

O governo ouviu que a EEM entregou 650.000 Bíblias para escolas públicas na Croácia no ano passado, com as Bíblias transportadas para as escolas através de nove caminhões semirreboques.

O vice-presidente de Operações Europeias da EEM, Bart Rybinski, disse que o ministério está conectado com o governo da Macedônia do Norte devido ao trabalho anterior da organização com a Sociedade Bíblica da Macedônia do Norte.

A EEM entrou em contato com a Sociedade Bíblica para obter os direitos de publicação de seus textos, e o grupo tinha ligações com o governo e as igrejas ortodoxas da região.

Crescimento

O presidente da organização, Bob Burckle, disse ao The Christian Post que, quando a organização começou, a equipe teve sorte se pudesse entregar algumas centenas a alguns milhares de Bíblias por ano.

No entanto, nos últimos anos o grupo cresceu e entregou 1,5 milhão de Bíblias em mais de 20 idiomas para mais de 30 países no ano passado.

“A palavra de Deus é uma semente que estamos plantando, e nos unimos e nos unimos a várias organizações diferentes para nos ajudar a fazer isso”, disse Burckle em entrevista.

“Nós vamos a grandes tradutores da Bíblia como a Liga Bíblica e então a diferentes sociedades bíblicas para obter suas traduções. Eles pegam e formatam os livros, os colocam na palavra impressa; depois disso nós imprimimos, publicamos e distribuímos.”

Igrejas e indivíduos ajudam

Burckle disse que a maior parte do financiamento do grupo vem de indivíduos e igrejas. Pelo menos 1.082 igrejas nos Estados Unidos atualmente apoiam a missão do grupo, acrescentou.

Em julho, a EEM entregou as Bíblias ao Departamento de Relações Religiosas da Macedônia do Norte, que distribuiu os livros para igrejas e pessoas. Tanto Rybinski quanto Burckle participaram de uma cerimônia em Skopje para celebrar a doação e apresentar cópias dos livros que estão dando às crianças em idade escolar.

Bíblia em seu próprio idioma

A Macedônia do Norte passou por conflitos com muitos de seus vizinhos após a queda da Iugoslávia no início dos anos 1990. O colapso da Iugoslávia resultou na República da Macedônia declarando sua independência em 1991.

“Durante muitos anos, houve conflito com o estado grego sobre o nome de seu país”, disse Rybinski. “Eles também tiveram um conflito recentemente este ano com a Igreja Ortodoxa Sérvia sobre ser reconhecida como uma Igreja Ortodoxa nacional por direito próprio. Do lado búlgaro, há divergências de cultura e história.”

A falta de influências positivas, disse Rybinski, levou o governo do país e os líderes da igreja a ver o benefício de as crianças terem uma Bíblia em seu próprio idioma, já que tal coisa não está amplamente disponível lá.

“É mais do que apenas a Bíblia”, disse Rybinski. “É a Bíblia em sua língua nacional, e isso é muito significativo para eles.”

Palavra de Deus

Burckle revelou que os líderes da Macedônia do Norte pediram à EEM para entregar outras 225.000 Bíblias em 2023, o que a organização pretende atender.

Ele destacou o “espírito de unidade” que une as pessoas, observando que todos podem concordar que as pessoas merecem acesso à Palavra de Deus.

O presidente da EEM disse que sua organização quer garantir que todos tenham uma Bíblia e espera que as pessoas também se envolvam com as Escrituras.

“Você tem que ter [a palavra de Deus] em seu coração; você tem que tê-la totalmente dentro de todo o seu corpo e alma para apreciar e entender completamente o que Deus fez por nós e qual é a nossa esperança futura de como administrar as dificuldades da vida, que todos nós temos.”



Fonte: Guiame


31/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO