NOTÍCIAS


Mais de 15.000 cristãos buscam refúgio na Índia após incêndio



Depois que mais de 100 igrejas foram incendiadas e destruídas, além do ataque a  300 casas de cristãos, incluindo residências de pastores e instituições, mais de 15.000 cristãos tiveram que buscar refúgio.

Desde o dia 28 de abril, a crise dos cristãos étnicos se agravou e eles estão sendo violentamente atacados. Com tantos prédios incendiados, o número de deslocados internos subiu.  

Segundo a Portas Abertas, esses cristãos estão abrigados em um acampamento para as vítimas, na Índia. 

17 cristãos morreram durante os ataques

Há notícias de 17 mortes de cristãos, além disso, muitos foram ameaçados e agredidos fisicamente. 

Uma parceira local identificada como Neha (nome fictício por motivos de segurança) disse que “a situação é horrível”.

“Casas e propriedades estão em chamas. As pessoas estão vivendo com medo e sem esperança quanto ao futuro. Precisamos que vocês ergam suas vozes contra a injustiça e atrocidades que os cristãos estão enfrentando”, ela pediu. 

Pedido de orações

No último sábado (6), a situação ficou um pouco mais calma, mas o risco de uma nova onda de mortes e propriedades perdidas ainda é grande. O governo do estado de Manipur ordenou que em casos de extrema violência os policiais devem “dar tiros de advertência”.   

“Exigimos que o governo da Índia condene publicamente os atos de violência contra as minorias cristãs na Índia”, disse Neha ao pedir orações pelos cristãos deslocados.



Fonte: Guiame


08/05/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
MIX GOSPEL