NOTÍCIAS


Levando uma ‘Luz de Esperança’ até os confins da terra



Em janeiro de 1987, ainda com 22 anos eu recebi a notícia de que a multinacional francesa, situada em um prédio da Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro e com muitas filiais no país, na qual eu trabalhava e projetava uma carreira promissora estaria se despedindo do Brasil naquele ano. Eu pude ver a tristeza e o constrangimento do presidente da empresa ao me comunicar que eu estava sendo desligado naquele momento. Não havia mais o que fazer, a não ser lamentar. Nós havíamos nos tornado muito amigos, mas, agora era hora de buscar novos desafios.

Quando ele saiu da minha sala – apesar de tão jovem eu ocupava a Gerência Comercial da empresa – eu olhei para o céu através daquela grande janela de vidro e ouvi a voz de Deus me dizendo claramente o que registra o Salmo 2:8 ARC “Pede-me, e eu te darei as nações por herança e os confins da terra por tua possessão.” E eu pedi, e eu desejei ir às nações, não sabia como e nem quando isso aconteceria, mas aconteceu e eu já fui a muitas nações, porém, agora, passados 37 anos, me sinto tão jovem quanto naquele dia, para ir às nações que Deus determinar que eu vá. E a mesma voz de anos atrás continua sussurrando aos meus ouvidos: “Pede-me e eu te darei as nações…”.

Não pude resistir e durante os dois anos de pandemia eu fui literalmente a mais de 20 nações com as quais estabeleci, virtualmente, conexões com pastores, líderes, Igrejas, sendo a maioria deles jovens e órfãos que clamavam por um pai e eu acabei assumindo a paternidade de muitos filhos espirituais ao redor do mundo.

Eu confesso para você, leitor, que o meu coração estava decidido a atender o clamor que vinha da Ásia, especialmente da Índia, Paquistão, Bangladesh, Mianmar e Singapura. E eles estavam me esperando. Foi quando, semelhantemente ao que aconteceu com Paulo, ao ir para Ásia, o Espírito Santo o impediu (Atos 16:6-10). Eu também me senti impedido de ir à Ásia porque havia um clamor na África Oriental que foi ouvido pelo Espírito Santo, que imediatamente me impulsionou, me encorajou e proveu recursos para que eu comprasse a passagem aérea, aplicasse solicitações para os vistos, contratasse um seguro de viagem e continua provendo o que está faltando naturalmente. 

Agora falta menos de um mês para eu iniciar a viagem missionária para Uganda, Ruanda, Bukavu (na República Democrática do Congo) e Kitale (no Quênia).

Agradeço aos nossos parceiros na Missão que com sua contribuição estão prontos para ir comigo até os confins da terra para levar uma Luz de Esperança para essas Nações.

Juntamente com Igrejas do Brasil, Uganda, Quênia, Ruanda e República Democrática do Congo estão jejuando e orando durante 40 dias desde o dia primeiro de agosto para que o Senhor nos abençoe em tudo e profetizando curas, milagres, salvação, mudança de sorte e o quebrar de jugos daqueles que ainda estão cativos. Estamos vivendo a Palavra Profética que nos foi liberada dizendo que as coisas que estão estagnadas em nossas vidas Deus fará fluir. E assim será! Jesus nunca falhou e nunca deixou faltar nada, ao contrário, Ele multiplicou o pouco que estava disponível. Nestes 40 dias de oração e jejum estamos vivendo um tempo de multiplicação sobrenatural.

Nós estamos cumprindo o IDE. O “IDE” é para todos!

Uma longa jornada

O Pastor Ivan Ssenyonga, que também é médico me receberá no aeroporto em Entebbe, e viajará toda a jornada comigo. No dia seguinte à minha chegada, viajaremos para Ruanda e Congo. Em Ruanda, encontraremos o Pastor Corneille e outros e teremos a oportunidade de treinar pastores e líderes. Já na República Democrática do Congo, passaremos poucos dias em Bukavu, Sud Kivu, para encontrar os Pastores Bashise Bisese Emannuel, família e Igreja e visitaremos os projetos de escolas e orfanatos. Também teremos o prazer de visitar o Pastor Manegabe Kanigi, nosso amigo de longa data, e sua linda família e Igrejas. Ele já plantou mais de 180 Igrejas na região e está nos aguardando ansiosos para partilhar algum ensinamento e dons.

No dia 15 de setembro já estaremos de volta a Uganda, no Orfanato e Igreja Light of Hope. O Pastor Oketcho Simon Peter em Nawempity, Luuka, Iganga reuniu um grupo de Pastores e estão organizando 4 dias de Avivamento e Avanço, workshops de treinamento, visitas etc. Lá, também, o Pastor e médico Ivan Ssenyonga atenderá as crianças do Orfanato e a comunidade local. Até agora mais de 500 pessoas estão cadastradas para atendimento médico.

A nossa grande dificuldade é conseguir doações de medicamentos, aparelho para aferir pressão arterial, glicemia, oxímetro, máscaras, luvas etc, pois a região é muito precária e tudo é muito caro por lá.

Posteriormente, de 19 a 21 de setembro estaremos em Butema, no Condado de Bugiri, onde o Pastor Kakala Moses estará nos esperando. Pastores e Líderes de Butema e das regiões adjacentes nos aguardam e haverá grande celebração. O Reverendo Sila Simali virá de Mbale e nos encontrará para seguirmos juntos até o final da jornada. De lá iremos atravessar a fronteira em direção ao Quênia.

Em Kitale, cruzando a fronteira, contamos com o apoio e a coordenação do querido Pastor Moses Kwanuti e sua equipe. Eles estão organizando de 22 a 25 de setembro, quatro dias de treinamentos, celebrações, visitas e conferências de avivamento e poder.

Outros Pastores de diferentes regiões do Quênia se unirão a nós. Durante estes dias também haverá atendimento médico à Comunidade Local.

A parceria em oração é necessária, pois, muitos têm clamado em Nairobi, Migori, Kisumu, Kisii,  Mombaça e na região das Tribos Massai, ainda no Quênia, para que eu os encontre a fim de realizar treinamentos, cruzadas e conferências, porém, nos faltam recursos e tempo para atender a todos.

Que o Senhor do impossível faça como Ele desejar.

Agradecimentos

Eu não me canso de agradecer ao Reverendo Sila Simali que está fazendo o impossível e se doando ao máximo para que tudo aconteça de acordo com a vontade de Deus e organizando a próxima etapa da viagem em Mbale, que é a sua cidade natal e nas regiões vizinhas em Nyondo, Manafwa e adjacências com o apoio dos Pastores locais.

Ele também está apoiando o Apóstolo Whelike Peter que está cuidando dos preparativos para nos receber em um lado da região de Namisindwa enquanto o Pastor Patrick Tsetembi trabalha arduamente com os Pastores na área rural em outra parte de Namisindwa para também nos receber, a partir de 25 de setembro até 03 de outubro quando viajaremos para Kampala. Assim chegaremos ao final da jornada ficaremos lá três dias atendendo às Igrejas locais em suas necessidades e eu retornarei ao Brasil no dia 06/10.

Agradecemos desde já a todos, no Brasil e do exterior que generosamente têm se engajado nesta Missão e que têm enviado suas contribuições. Oro para que Deus te prospere sobrenaturalmente e nunca te falte nada. Essa Obra é de Deus e ninguém poderá impedir!

Até os Confins da Terra!

Por Claudio Modesto, líder e fundador da CCAL SP – Comunidade Cristã do Alto da Lapa (Instagram @nossacomunidadesp), Docente Local do Instituto Haggai do Brasil e em parceria com a New Covenant Ministries International – NCMI (Instagram @ncmibrasil) auxilia pastores e líderes, de diferentes nações, na edificação de Igrejas Locais. É palestrante com foco em Liderança e Espiritualidade, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, empresário atuante no setor de Turismo e Lazer e Bacharel em Administração de Empresas.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Faça o teu melhor hoje! Faça para Deus e não para os homens



Fonte: Guiame


17/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO