NOTÍCIAS


Judeus agora são uma minoria de 47% em Israel e territórios, diz demógrafo



O povo judeu representa menos de 47% de todos os que vivem a oeste do rio Jordão, alertou um demógrafo israelense na terça-feira (30), segundo informações do Times of Israel.

Os números levam em consideração não apenas as populações judaica e árabe, mas também os não-judeus residentes em Israel, que não são cidadãos.

Arnon Soffer, professor de geografia da Universidade de Haifa, disse à Rádio do Exército que a população da Terra de Israel (juntamente com a Cisjordânia e a Faixa de Gaza) é formada por 7,45 milhões de judeus e outros e 7,53 milhões de árabes israelenses e palestinos.

Quando o número de cidadãos não israelenses é levado em conta, a proporção judaica diminui drasticamente — sendo entre 46% e 47% do total dos habitantes.

De acordo com o Escritório Central de Estatísticas de Israel, no final de 2021, a população do país era de 9,4 milhões de pessoas, incluindo israelenses em assentamentos na Cisjordânia.

Dentre estes, os judeus são 6,9 milhões (74%), os árabes são 1,99 milhão (21%) outros são 472.000 (5%).

Segundo o Escritório Palestino de Estatísticas, pouco mais de 3 milhões de palestinos vivem na Cisjordânia e mais de 2 milhões habitam em Gaza.

Soffer explicou à Rádio do Exército que, embora a taxa de natalidade tenha sido maior entre a população judaica nos últimos anos, a taxa de mortalidade também foi alta — contribuindo para que a população árabe, que é em média mais jovem do que a população judaica, cresça mais rapidamente.

O demógrafo também observou que Israel é o país mais populoso do mundo ocidental, de acordo com uma previsão do Escritório Central de Estatísticas, que prevê uma população total de 35 milhões em 2065 no país.



Fonte: Guiame


31/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO