NOTÍCIAS


Jovem se arrepende de não ter falado de Jesus a um amigo: ‘Ele se suicidou, fiquei abalado’


Rick Palma é um polinésio nascido na Ilha de Guam — maior ilha do sul das Ilhas Marianas. Ali, ele e sua família conheceram Jesus através de uma igreja. Ele conta que adorava dar testemunhos e sentia que tinha uma conexão direta com Deus. 

Um dia, porém, durante o Ensino Médio, disse que o Espírito Santo o levou para falar de Deus a um amigo. Mas, este amigo estava conversando com outra pessoa e o sinal tocou. Rick, então, voltou para a sala de aula, conforme o God Reports. 

No final do dia, não viu mais o amigo e nem no dia seguinte. Três dias se passaram até que o professor deu a terrível notícia à classe: “O jovem havia tirado a própria vida”. 

“Isso me abalou”

Durante uma entrevista ao podcast VBPH (Virginia Beach Potter´s House), Rick contou sobre o que aconteceu depois que recebeu aquela notícia trágica. “Isso me abalou. Senti o Espírito Santo me deixar”, contou.

“Não havia mais nada que eu pudesse fazer. Eu não podia nem orar, porque me sentia um fracasso. Isso me chocou tanto que comecei a me afastar de Deus”, admitiu.

Rick conta que “era como se o sangue do amigo estivesse em suas mãos” e ele não conseguia mais falar com Deus. “Não conseguia dizer: ‘Deus, eu falhei com o Senhor’. E foi naquele momento que senti o peso e passei a carregar aquele fardo comigo. Acabei me afastando da igreja”, lembrou. 

‘Eu não era mais o mesmo’

Depois da enorme decepção, Rick disse que não pregou mais nas ruas, passou a se dedicar mais ao trabalho do que aos compromissos da igreja, além de se afastar dos estudos bíblicos. 

Quando terminou o Ensino Médio, ele se mudou para os Estados Unidos para ficar com parentes. O plano inicial de continuar os estudos se perdeu quando ele se envolveu com drogas e fornicação.

Um dia, Deus o incitou novamente a testemunhar a um colega de trabalho: “Quero que você fale sobre mim, Deus me disse”. E, Rick, mais uma vez, vacilou. “De acordo com a minha teologia, Deus não falava com pecadores, e eu estava em pecado”, justificou.

‘Fundo do poço’

“Eu estava usando drogas pesadas, então pensei que não havia como Deus estar falando com um pecador como eu. Por isso, eu ignorei aquela voz”, disse. Mas, a tragédia aconteceu novamente, no dia seguinte veio a notícia de que aquele jovem se suicidou.

“Deus estava tentando me chamar de volta?”, Rick se perguntou diante daquela situação. Depois disso, muitas coisas ruins ainda aconteceram. Sua companheira, com quem tinha uma filha, o deixou. 

“Durante uma semana inteira, não consegui comer nada. Estava exausto. Perdi 24 quilos e não tinha mais controle sobre a minha vida”, disse ao descrever o momento como “fundo do poço”.

Seus familiares não queriam contato. Até que, um dia, se sentindo sozinho, tentou fazer algumas ligações — ninguém o atendeu. “Não consegui falar com minha filha”, disse.

Tentativa de suicídio

Em seu desespero, Rick foi para seu carro com a intenção de tirar a própria vida. “Eu estava chorando e tinha algumas pílulas na mão. Para mim era o fim da linha”, revelou.

Mesmo estando num local onde o sinal era ruim, naquele momento ele viu que chegou uma mensagem em seu celular. Era seu irmão, com quem não falava há mais de dois anos.

Após trocar algumas palavras, o irmão questionou: “Como você está? Diga a verdade. O que está acontecendo em sua vida?”. 

“Naquele momento eu desmoronei e contei tudo. Disse que Deus não estava mais olhando para mim. E ele disse que eu deveria dar uma chance a Deus”, contou.

‘Estou chamando você para pregar’

Depois da conversa com o irmão, Rick foi para a igreja. Durante um culto em Georgetown, Austin, com o pastor Stevie Gauna, ele disse que sentiu Deus falando ao seu coração: “Estou chamando você para pregar, mas quero que você se recomponha primeiro”.

Rick dedicou novamente sua vida a Cristo e começou a servir ao Senhor, assim como quando estava em Guam. Ele voltou a pregar nas ruas com o mesmo fervor de antigamente. A igreja cresceu e ele ajudou a formar uma grande comunidade. 

Depois disso, ele conheceu uma mulher com quem acabou se casando. Rick também voltou a ver a filha. 

Atualmente, ele pastoreia uma igreja no Havaí como resposta ao seu chamado. “Eu entreguei a minha vida. Deus traçou meu caminho no ministério. Depois de todos os fracassos e erros que cometi, Deus ainda fala ao meu coração. O que era para o mal, Deus transformou em bem”, finalizou.


Rick Palm, atualmente. (Foto: Reprodução/God Reports)



Fonte: Guiame


26/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO