NOTÍCIAS


Igrejas oferecem abrigo e água fresca durante onda de calor na Inglaterra


Em meio a onda de calor extremo que atinge a Europa, igrejas na Inglaterra ofereceram abrigo e água fresca para os moradores locais, nesta semana.

As paredes grossas e o teto alto de muitos templos fazem com que a temperatura no interior permaneça mais fria do que em outros edifícios sem ar-condicionado.

Com os termômetros chegando a 40°C, os cristãos abriram as portas de suas igrejas e ofereceram refúgio do calor escaldante.

A Igreja St Luke’s, em Londres, colocou uma placa em frente ao templo, convidando as pessoas para entrar e se refrescar. A congregação serviu água gelada e forneceu wi-fi gratuito.

“Estamos muito felizes em abrir as portas para receber nossos vizinhos e aqueles que querem um pouco de frescor nestes tempos de calor opressivo”, declarou o líder da St Luke’s, o reverendo John MacKenzie.


A Igreja St Luke’s, em Londres, convidou as pessoas para entrar e se refrescar no templo. (Facebook/St Luke’s Holloway).

“Esperamos que o gelo, a água, a companhia e o conforto tenham ajudado a fazer de St Luke’s um dos lugares mais frescos da região”, concluiu.

Em Pudsey, a Igreja Paroquial da cidade anunciou que abriria seu espaço para acolher as “pessoas cujas casas ou apartamentos se transformam em fornos e os vulneráveis ​​que precisam fugir do calor”.

Para ajudar a manter os moradores hidratados, a congregação ainda ofereceu água, suco e picolés gratuitos. 

Em Yorkshire, a Igreja St Margaret’s cedeu o templo a uma escola para realizar suas aulas e assim as crianças ficarem mais confortáveis em um ambiente fresco.

“Passei sete anos reclamando que temos uma igreja grande demais para nós. Mas, durante a pandemia de Covid, fiquei grato pelo espaço extra para o distanciamento social. E agora, durante a onda de calor, também somos um dos edifícios mais frescos da região”, disse o reverendo Nigel Sinclair.

Calor extremo na Europa

Na segunda-feira (18), o aeroporto de Londres suspendeu os voos, após a alta temperatura danificar a pista. 

Na França, a onda de calor provocou incêndios na costa atlântica. Em Paris, a temperatura deve ultrapassar os 40°C. 

Em Portugal e na Espanha, mais de mil pessoas já morreram devido ao calor extremo.



Fonte: Guiame


20/07/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO