NOTÍCIAS


Igrejas na Era Digital



Cerca de 80% dos brasileiros utilizam algum tipo de mídia social. Seja WhatsApp, YouTube, Facebook, Instagram, TikTok, entre outras. Mas, como utilizar estas ferramentas para uma comunicação eficiente da minha igreja ou ministério?

O objetivo de uma igreja estar na Internet é seguir o que nos ensina Marcos 16.15: “Jesus lhes disse: “Vão ao mundo inteiro e anunciem as boas-novas a todos.” (NVT). Tornar Jesus conhecido é o que move a Igreja. A Internet é hoje este grande campo missionário. Cada oportunidade de contato que temos é para falar sobre as Boas Novas da Salvação. É apresentar para quem chega aos nossos canais digitais o que nossa igreja tem feito. Trouxe para reflexão alguns tópicos que podem te apoiar na decisão de utilizar o meio digital para falar sobre Deus.

Reflexões e mensagens inspiradoras: compartilhar mensagens curtas, citações ou versículos bíblicos que possam inspirar e motivar as pessoas no dia a dia.

Testemunhos: publicar testemunhos dos membros da igreja, com experiências pessoais de como a fé tem feito a diferença em suas vidas. Transformações, cura, libertação.Isso pode incentivar outras pessoas a buscar e conhecer mais sobre a nossa fé em Jesus Cristo.

Cultos e atividades da igreja: é essencial compartilhar a programação das nossas atividades locais, sejam cultos, reuniões, estudos para crianças, adolescentes, jovens, entre outras tantas atividades.

Apresentar a história da igreja local. Como ela nasceu? Qual a trajetória até ali? Quais são as principais frentes de atuação da igreja na localidade onde está inserida? Ela apoia a sociedade com alguma atividade social?

Conteúdo educativo: publicar informações educativas sobre a Bíblia em geral, como curiosidades, histórias interessantes, estudos bíblicos, devocionais, livros, filmes e séries para edificação, entre outros.

Ações sociais da igreja: se tem uma área onde nossas igrejas atuam com muita intensidade é a área social. Compartilhe o que a igreja está realizando na comunidade, como doações de alimentos, campanhas de arrecadação, trabalhos voluntários, entre outros. Isso vai mostrar o envolvimento da igreja na região onde está inserida.

É importante lembrar que, independentemente do conteúdo escolhido, é necessário buscar em Deus sabedoria para uma comunicação eficaz, não excludente, ao contrário, que seja inclusiva e de fácil entendimento.

Atuando em Comunicação Ministerial há mais de 15 anos, conversando com pastores e líderes todos os dias, vejo que um dos desafios das Igrejas construírem uma presença digital relevante é a falta de pessoas para realizar este trabalho. Neste espaço, pretendo trazer com frequência temáticas como a desta semana para que ajude pastores, líderes e membresia no envolvimento de se comunicar com eficiência no meio digital, além, é claro, do trabalho que é desenvolvido off-line.

“Disse aos discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos”. (Mateus 9.37). Oremos, pois, envia, Senhor, mais trabalhadores para esta seara.

Elis Amâncio é jornalista cristã, especialista em comunicação digital e mídias sociais, em marketing digital (PUC Minas), mestranda em Estudos de Linguagens (CEFET-MG). É autora dos livros Mídias Sociais na Igreja, Comunicando o Reino e Redes Sociales para la Iglesia, e coautora em outros livros. É membro da Igreja Batista da Lagoinha há 20 anos, casada com Renato Lied, pais da Sarah.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Comunicação Cristã: Princípios para comunicar bem a nossa fé



Fonte: Guiame


31/03/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
ADORAÇÃO MÁXIMA