NOTÍCIAS


Igreja testemunha 58 semanas seguidas de batismos: “É coisa de Deus”



Uma igreja da Louisiana está testemunhando 58 semanas seguidas de batismos, o que o líder da Trinity Baptist Church está chamando de ação de Deus, principalmente pelas dificuldades durante a pandemia e passagem de furacão.

Já tem mais de um ano que as águas batismais da congregação recebem novos crentes para o ato bíblico.

“Não tomamos isso como certo”, disse o pastor sênior Steve James sobre a experiência que ele chama de “uma coisa de Deus”.

“Por alguma razão, Deus escolheu sorrir para nós. Nossos pais têm sido fiéis em convidar seus amigos e, portanto, apenas compartilhamos o Evangelho e damos a eles oportunidades de conhecer o Senhor e seguir o batismo do crente”.

No final de outubro de 2021, Trinity Baptist ainda estava tentando se recuperar dos danos do furacão e dos efeitos prolongados da pandemia de Covid-19.

Em meio a esses obstáculos, a igreja deu ênfase contínua à pregação do Evangelho vendo um fluxo igualmente contínuo de decisões por Cristo.

“Normalmente leva anos para se recuperar de coisas como a pandemia, furacões e inundações”, disse o pastor estudantil e evangelista David Doyle em junho, depois que Trinity passou 35 domingos consecutivos de batismos.

“Mas experimentamos um crescimento durante o primeiro ano em que voltamos. Toda glória a Deus. Com Jesus, os melhores dias estão sempre à nossa frente. Continuamos avançando como igreja e olhando para Jesus”.

Algo sem precedentes

Em entrevista ao Baptist Press, Doyle comentou algo sem precedentes para ele e seus colegas de trabalho: batismos em semanas consecutivas.

“Ninguém em nossa equipe viu um batismo todas as semanas ao longo de um ano civil”, disse Doyle, que testemunhou muitos batismos onde cresceu, na Cross Church em Arkansas.

“Ver isso todas as semanas é algo especial”, disse ele. “Há cerca de um ano lançamos uma visão para nossa igreja de que o avivamento não é um evento para o qual você vai; é toda semana.”

Isso incluía treinar os membros sobre como compartilhar seu testemunho e Cristo. Essas etapas, juntamente com ver alguém entrar no batistério semana após semana, tiveram um efeito inegável, contou.

“Isso meio que decolou”, disse Doyle.

Crescimento

O crescimento do ministério estudantil da igreja foi outro ponto em destaque, experimentando o triplo de tamanho, chegando a cerca de 300 participantes. Doyle creditou esse avanço a Deus e o acerto de se colocar “as pessoas certas com a paixão certa na posição certa”.

“Quando você faz essas três coisas, elas podem ser cultivadas para que o Espírito se mova de maneira poderosa”, disse ele.

O número de pessoas que desejam ser batizadas a cada semana tem flutuado, mas sempre há alguém no domingo que expressa o desejo de fazê-lo.

“Houve semanas em que batizamos um e outras em que batizamos sete”, disse Doyle. “Nosso objetivo é batizá-los imediatamente. Às vezes é na semana seguinte; às vezes mais”.

“Ver isso todas as semanas despertou nossa igreja e os fez querer fazer parte dela.”

Alívio à comunidade

A Trinity passou a ser um local de ajuda e alívio para a sua comunidade, após a resposta da igreja aos furacões Laura e Delta em agosto e outubro de 2020, e a outros desastres naturais que se seguiram em 2021. Isso fez com que as pessoas desejassem fazer parte da igreja, relatam seus líderes.

Durante esse tempo, Trinity se tornou um centro de ministério para o Alívio de Desastres Batista do Sul e para o pessoal de aplicação da lei.

Em março de 2022, Trinity arrecadou mais de US$ 90.000 que foram encaminhados para Louisiana Baptist Disaster Relief e, em conjunto com Send Relief, usados ​​para comprar equipamentos de emergência, comida, abrigo, transporte e kits médicos e de higiene para ucranianos deslocados.

Os membros da Igreja também contribuíram suprimentos médicos enviados para a Ucrânia.

Vidas transformadas

A Igreja tem relatado testemunhos com histórias individuais, com agradecimentos por vidas transformadas e desviadas de vícios e desesperança.

Mas ainda há aqueles que frequentaram a igreja por muito tempo, sem nunca tomarem a decisão de ser batizados.

Dale Bernard era um membro da Trinity há 40 anos quando começou a se perguntar algo que James constantemente salpicava para a multidão: Você realmente sabe se pertence a Cristo?

Um dia, Bernard, de 91 anos, olhou para uma caixa de seleção no boletim da igreja que dizia: “Fui salvo, mas não batizado”.

“Isso mexeu comigo”, contou o idoso. Sua esposa o encorajou a dar o passo para ter certeza de que “eu sei o que sei o que sei”. Então, batizou-se.

‘Para a glória de Deus’

O pastor James anunciou sua aposentadoria a partir de agosto de 2023 e fez um pedido especial.

“Pedi a Deus que a glória dos últimos dias fosse maior do que a dos primeiros”, disse ele. “Quero terminar forte. Quero dar glória a Deus e não receber um tapinha nas costas pela equipe ou pelo povo da Trinity.

“Quando as pessoas vêm aqui, elas querem dar uma olhada na igreja. Eu mostro a elas e digo que precisam entender que isso é coisa de Deus”.



Fonte: Guiame


01/12/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO