NOTÍCIAS


Homem fica à deriva por 20h e relata experiência com Deus: ‘Me aproximei Dele’


Um homem do Alabama, nos Estados Unidos, está testemunhando como Deus o manteve vivo durante 20 horas à deriva no Golfo do México, depois de cair de um cruzeiro misteriosamente.

James Michael Grimes, de 28 anos, contou que o Senhor o sustentou no mar até o resgate lhe encontrar.

“Meu maior medo é me afogar e isso é algo que eu não queria ter que enfrentar. Eu queria ver minha família novamente. Eu estava determinado a sair de lá. Eu nunca aceitei que seria o fim da minha vida”, disse James, em entrevista ao programa “Good Morning America”, do canal americano ABC.

Em novembro, Grimes foi para um cruzeiro com sua família em uma animada celebração. No Dia de Ação de Graças tudo corria bem até que, por volta das 23h, James avisou sua irmã que iria ao banheiro.

Depois disso, ele apenas se lembra de acordar no meio do oceano, completamente sozinho.

“Quando acordei, recuperei a consciência, estava na água sem nenhum barco à vista. Não consigo flutuar sozinho, mesmo quando estou tentando. Então o Senhor estava comigo enquanto eu estava lá, porque algo estava me segurando o tempo todo em que desmaiei”, relatou.

Fé para lutar pela sobrevivência


James Grimes, de 28 anos, sobreviveu milagrosamente após ficar 20h à deriva, no Golfo do México. (Foto: Reprodução/YouTube/Good Morning America).

Segundo James, sua fé lhe deu forças para lutar pela sobrevivência. O jovem nadou até uma luz de uma plataforma de petróleo, que ficava a cerca de cinco horas de distância.

“O Senhor me deu vontade de viver. É um milagre”, testemunhou Grimes à CNN. “Eu estava determinado a nadar até que meus braços e pernas não conseguissem mais segurar meu corpo”.

James estava à deriva no Golfo do México, um lugar de alimentação para tubarões. Em certo momento, o jovem se deparou com um animal, que temeu ser um tubarão.

“Ele veio para cima de mim muito rápido. E eu afundei, e pude vê-lo. E não era um tubarão. Mas tinha mais uma boca chata, e ele subiu e bateu em um das minhas pernas, e eu chutei com a outra perna. Fiquei assustado, sem saber o que era… só vi uma barbatana”, disse.

Ele ainda lutou para sobreviver ao se deparar com dois cardumes de águas-vivas. O jovem afirmou que se alimentou apenas com um bambu, que encontrou flutuando na água.

Um batismo de 20h

Enquanto lidava com a confusão mental, fadiga e a maré, James declarou que passou o tempo conversando com Deus.

Após 20 horas à deriva, a guarda costeira o encontrou e o resgatou a tempo. O socorrista Richard Hoefle contou que Grimes estava a 30 segundos de se afogar quando foi achado.

Na batalha pela sobrevivência, James teve ferimentos na pele devido a água salgada e perdeu 20 quilos. “Passei quatro dias na UTI e ainda estou dolorido, mas estou bem”, comentou ele. 

“O Senhor esteve comigo o tempo todo”, testemunhou o sobrevivente ao WVTM-13. “De certa forma, foi um batismo de 20 horas que me aproximou de Deus. Sei que Deus me salvou por uma razão e agora tenho que cumprir o seu plano”.



Fonte: Guiame


13/12/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO