NOTÍCIAS


Há vida no Mar Morto? Como a profecia de Ezequiel 47 está se cumprindo nos dias atuais


Como pode haver rios no deserto? Como o Mar Morto pode gerar vida? A Bíblia diz, profeticamente, que isso vai acontecer e Aline Szewkies, em seu canal “Israel com Aline”, fala sobre o tema relacionado a Ezequiel 47 e mostra que a profecia já está se cumprindo. 

“Rios estão chegando no deserto. O deserto  está crescendo e frutificando e, o mais impressionante, é que já existem peixes na região do Mar Morto”, ela disse. 

Num dos locais mais extremos do mundo, Aline mostra as grandes pedras de sal e explica que o ambiente é inóspito, onde o calor pode chegar até 50 graus em dias de verão. 

Passado, presente e futuro do Mar Morto

“Olhando para esse local tão desolado, fica difícil imaginá-lo antes. Mas, até no tempo de Ló, aqui era tão verde quanto o jardim do Éden”, comparou ao citar Gênesis 13.10.

De acordo com as citações de Aline, a região deixou de ser fértil após a destruição das cidades de Sodoma e Gomorra. Pisando na região onde o profeta Ezequiel viveu há 2.600 anos, a pesquisadora mostra a paisagem.

Mesmo vendo um lugar sem vida, Ezequiel profetizou que ali voltaria a ser verde e fértil. Em Ezequiel 47.12, o profeta cita árvores frutíferas, com frutos que servirão de comida e folhas para remédio.

“Olhando para esse lugar parece impossível, mas vejam aqui uma plantação de tâmaras”, mostrou as árvores com pencas de frutas e citou que uma escavação foi feita no local, onde foram descobertas sementes de tâmaras milenares. 

Sobre os bolaines do Mar Morto

Os bolaines são “buracos” formados por conta das condições subterrâneas presentes após a redução do volume de água do Mar Morto. O número desses buracos que estão surgindo é demonstrado através de relatórios do Ministério de Pesquisa Nacional de Infra Estruturas Geológicas do Estado de Israel. 

As cavidades encontradas começaram a surgir desde 1980 e preenchidas naturalmente com água doce vinda da área de Jerusalém. “A água de Jerusalém entra no subsolo, nos aquíferos e corre na direção do Oriente até chegar ao Mar Morto”, explica Shlomi Lobaton, morador local e guia turístico. 

Ao preencher as crateras, as águas doces ficam saturadas com o sal das camadas mais antigas da terra que são dissolvidas. Segundo Shlomi, já existem mais de 9 mil bolaines e, todos os dias, dois novos se abrem. 

O curioso, segundo Aline, é que o fenômeno só acontece do lado israelense e não do jordaniano — o Mar Morto se divide entre estes dois países, Israel e Jordânia. O controle é feito através de satélites que fotografam e analisam o terreno duas vezes por semana. 


Rio de água doce correndo em direção ao Mar Morto. (Foto: Captura de tela/YouTube Israel com Aline)

“A profecia está se cumprindo em frente aos nossos olhos”

Na visão de Ezequiel (47.1), ele disse que via água saindo debaixo da soleira do Templo, que depois descia ao sul do altar. Segundo Aline, o curso das águas vistas, atualmente, é semelhante ao que diz a profecia

O rio correndo para o Oriente e através do deserto e do vale do Jordão, tornando as águas frescas e puras, conforme descreve a profecia. Aline e Shlomi vão até um bolaine onde é possível ver “animais, pássaros e peixes”.

“É algo difícil de compreender, há peixes vivos nadando neste bolaine, comprovando a profecia. Ezequiel profetizou exatamente sobre isso — que haveria água rasa e que, depois de cruzá-la, chegaríamos em águas onde precisaríamos nadar [Ez 47.3-5]”, relatou.

“A profecia está se cumprindo em frente aos nossos olhos. Obrigado Deus, obrigado”, ele gritou  entusiasmado e, em seguida, Aline entrou no bolaine com uma câmera de vídeo e mostrou os pequenos peixes nadando e as plantas aquáticas. “Nossa geração poderá ver essa profecia se cumprindo”, Shlomi concluiu. 



Fonte: Guiame


10/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO