NOTÍCIAS


‘Há uma guerra espiritual e nossos filhos são vítimas’, diz pastor sobre desenhos infantis


Um pastor americano alerta para que os cristãos sejam cautelosos com o novo programa “Little Demon” — desenho polêmico sobre uma mulher que engravida de Satanás. 

A comédia animada para adultos, que estreou no dia 25 de agosto pelo canal americano Fox Network, mostra um mundo de demônios, bruxas e feitiçarias. 

De acordo com o pastor Mike Signorelli, da Igreja V1, em Nova York, a produção é uma investida para normalizar o sentimento anti bíblico” na sociedade, conforme explicou ao Faithwire. 


Cena da animação “Little Demon”. (Foto: Captura de tela/YouTube FX Networks)

Guerra espiritual

“Eles estão tentando dessensibilizar nós e nossos filhos para o mundo demoníaco. É simples assim. Já vimos isso acontecendo várias e várias vezes”, disse Mike que acredita que o que tem acontecido não é normal.

Para o pastor, impor às pessoas algo que Deus claramente é contra, é algo repugnante. O “Little Demon” (Pequeno Demônio) conta a história de uma mulher que deu à luz o Anticristo — na figura de uma menina chamada Lucy. 

O pastor observou que a programação possui “uma agenda” e alertou que o objetivo é focar num público mais jovem. “Há uma guerra espiritual acontecendo e nossos filhos serão as vítimas”, alertou. 

Roteiro demoníaco e violento

Sobre a “guerra espiritual” que o pastor relaciona à carta de Paulo aos Efésios, ele comenta ainda: “Há uma luta contra essa geração. Eles vão dizer que a programação é para adultos, mas todos nós sabemos que as crianças querem assistir”. 

Mike lembra que o formato de desenho animado e o fato de um dos personagens principais ser um adolescente torna o programa “altamente relacionável para as crianças” em um momento em que elas estão sendo induzidas a tomar decisões sobre sua identidade. 

Além do roteiro demoníaco, o pastor também aponta para as cenas de violência. “Quais são os efeitos de dessensibilizar as pessoas e normalizar essas imagens?”, ele questionou.

“Primeiro, começa como uma piada, mas depois você tem que lidar com as repercussões de alimentar esse conteúdo para as massas. Daí já não é mais tão engraçado”, observou.


Cena da animação “Little Demon”. (Foto: Captura de tela/YouTube FX Networks)

“Satanás vem como um anjo de luz”

O pastor também lamentou a integração mais ampla do ocultismo na cultura americana, observando uma exacerbação desses temas em histórias, entretenimento e cultura.

Mike mencionou que os americanos parecem cada vez mais interessados ​​em explorar temas e práticas mágicas e ocultistas: “De tabuleiros Ouija [usados na comunicação com espíritos e demônios, em sessões espíritas] a livros sobre feitiçaria.  

“Não é uma luta contra o ateísmo, na verdade estamos lutando contra a Nova Era e contra a espiritualidade falsificada. Mas vou apenas dizer a você, o que a Bíblia diz: ‘Satanás vem como um anjo de luz’, quer dizer que ele não virá como um completo e total inimigo”, lembrou. 

“Ele vem na forma de humor e nós estamos rindo disso ou ele vem através de um tabuleiro de Ouija e até através da queima de um incenso ou outras práticas espirituais falsas”, continuou. 

Mike citou ainda as cartas de tarô e outros produtos semelhantes que são vendidos livremente para crianças nas lojas, como uma forma de normalizar as práticas espirituais no mundo infantil. 

“Eles estão deixando Cristo de lado. Temos que desmascarar o que acredito ser obra do inimigo. São estratégias para, literalmente, manipular e controlar nossos filhos”, apontou ao concluir.

Assista (em inglês):



Fonte: Guiame


12/09/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO