NOTÍCIAS


Gratos por estarem vivos, cristãos fazem culto em Fort Myers após furacão Ian


Os noticiários mostraram para o mundo inteiro a força devastadora do furacão Ian, que destruiu prédios, provocou inundações e causou a morte de centenas de pessoas em Cuba e, posteriormente, nos EUA.

Diversas cidades da Flórida foram atingidas pela poderosa tempestade de categoria 4, causando bilhões de dólares em danos e deixando pelo menos 80 mortos.

Enchentes provocadas pelo furacão Ian em Fort Myers, Flórida. (Captura de tela/USA Today)

Quatro dias depois de o furacão atingir o estado, membros da Igreja Batista do Sudoeste em Fort Myers se reuniram no templo danificado para agradecer a Deus por ter poupado suas vidas.

“Temos aqui pessoas que perderam suas casas. Temos pessoas aqui das quais não ouvimos falar por um bom tempo”, disse o pastor sênior Bob Kasten durante um clipe do culto gravado pelo The Weather Channel.

Ao atingir a Flórida na quarta-feira passada, as tempestades provocadas pelo furacão atingiram primeiro a ilha de Cayo Costa, não muito longe de Fort Myers e Cape Coral, com ventos máximos sustentados de 241 km/h.

Muitos membros da Igreja Batista do Sudoeste fugiram para um terreno mais seguro enquanto a tempestade assolava a cidade litorânea, alguns deslocados buscaram refúgio na igreja, onde as águas da enchente encharcaram o chão e o vento abriu buracos no telhado, informou o USA Today.

O ministro de música da Igreja Batista do Sudoeste, Mark Helms, compartilhou fotos no Facebook da torre da igreja derrubada e outros danos.

Sobreviventes

Greg Wathan, um membro de 62 anos da Igreja, disse que fugiu de sua casa de um andar em seu caminhão antes que a tempestade o atingisse. Ele disse que subiu na caçamba de sua caminhonete e estava orando quando viu uma mulher na água.

“Eu não acredito que ela seria capaz de se levantar novamente e seguir seu caminho. E senti que não podia sair do caminhão; as ondas estavam se movendo muito rápido eu não aguentaria. Então, sinceramente, orei por um resultado que fosse bom para todos”, disse ele ao The Weather Channel.

Após a oração, Wathan disse, “parecia que a senhora conseguiu se mover pela água pela corrente mais próxima do meu caminhão, onde eu poderia alcançar a mão dela”.

“No momento, ainda não caiu a ficha. Acho que agora eles ainda estão meio, pelo menos comigo, meio entorpecidos”, disse o pastor Stephen Kasten, filho de Bob Kasten, ao The Weather Channel no domingo. “Muitos deles estão apenas gratos por terem sobrevivido ao que passaram e estão louvando a Deus. É por isso que estamos aqui hoje.”

“Ela conseguiu agarrar minha mão e [eu] finalmente a puxei para a caçamba da caminhonete. E ela estava apenas de camiseta e shorts e sem sapatos, indicando que ela havia sido arrastada para fora de sua garagem”, disse ele.

Diversos membros da igreja, principalmente idosos aposentados, tiveram suas próprias histórias de sobrevivência.

Igreja Batista do Sudoeste em Fort Myers teve torre derrubada pelos ventos do furacão Ian. (Foto: Reprodução/Facebook/Charles Peek)

Adelgarde Frazee, de 82 anos, disse ao USA Today que se refugiou na igreja antes da tempestade e lembrou como viu a onda quase matar um homem que tentava fugir em seu jipe.

“Isso derrubou o para-brisa dele, jogou-o para fora. E ele desceu flutuando. Ele estava lutando contra a corrente. Ele estava tentando chegar às escadas da igreja”, contou.

Adorar a Deus

Stephen Kasten disse que estava feliz por muitos membros da igreja atenderem aos avisos para evacuar a área antes da tempestade chegar.

“Domingo passado, na verdade, fiz uma mensagem em que Jesus andou sobre as águas na tempestade. E eu estava tipo, aconteça o que acontecer na tempestade, estaremos aqui no domingo”, disse ele. “Nós vamos adorar a Deus não importa o que aconteça. E então acho que a maioria da igreja tem esse mesmo sentimento, e estamos aqui apenas para ver quem aparece. Muitos membros saíram, e isso foi ótimo.”



Fonte: Guiame


04/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO