NOTÍCIAS


Filho de pastor sobrevive a ataque de assassinato em série: “Verdadeiro milagre”



Em setembro de 2017, Buck Hornsby estava fazendo sua caminhada matinal perto de sua casa em Clinton, nos Estados Unidos, quando foi atacado por um assassino em série.

“A cerca de 18 metros da rodovia, e com o canto do olho, vi um carro parar de repente na beira da rodovia. E assim que olhei para aquele lado, dois tiros”, contou Buck, em entrevista à CBN News.

Ele foi atingido por duas balas, uma na cabeça que o fez desmaiar. Quando ele recuperou a consciência, se viu sozinho, ensanguentado e com uma dor intensa.

“Perdi a visão do meu olho direito automaticamente, e então o sangue começou a sair de todos os lugares. Eu não conseguia respirar bem. Meu batimento cardíaco estava acelerado. Eu sabia que tinha grandes danos neste lado do corpo, principalmente no pescoço e na artéria carótida”, lembrou Buck.

Lutando pela vida, o homem, com muita dificuldade, foi até a casa mais próxima pedir socorro, mas não havia ninguém na residência.

Pedindo socorro

Então, ele se arrastou por cerca de 600 metros até a casa de seu tio. “Ouvi alguém batendo na porta, olhei para cima e ele estava na porta dos fundos e estava coberto de sangue. Eu abri a porta e ele disse: ‘Alguém atirou em mim. Leve-me ao hospital’. Então entramos no caminhão e partimos”, disse seu tio Leon.

No hospital, exames mostraram que Buck tinha 50 pequenos grãos de chumbo de bala alojados em todo seu corpo.

Com graves danos na artéria do pescoço, o homem precisou passar por uma ressonância magnética para diagnosticar os riscos que corria.

“Eu disse a eles para não me darem nenhum remédio para dor, porque eu queria poder conversar com minha esposa e meus filhos, e dizer a eles que os amo. Eu não sabia se estaria lá para ser capaz de fazer isso”, revelou Buck.

Confiando no poder da oração

Quando o pai de Buck, um pastor há mais de 40 anos, soube que o filho havia sido baleado, ele confiou no poder da oração para guardá-lo.

“Começamos a orar imediatamente. Às vezes você não entende o que está acontecendo, mas há uma paz que lhe dá fé para acreditar que Deus vai cuidar da situação em que você está envolvido”, disse Scott Hornsby.

Após a ressonância, o cirurgião vascular informou os resultados surpreendentes do exame: os estilhaços da bala não haviam atingido a artéria do pescoço.

“Se a artéria carótida tivesse sido perfurada por um dos projéteis, ele poderia ter sangrado em questão de apenas alguns minutos. É milagroso que ele tenha sobrevivido a essa lesão”, afirmou Scott.

E Buck acrescentou: “Ele me disse: ‘Você estava a 40 cm de sangrar em sua propriedade e não estar aqui’. E ele diz: ‘Você é um verdadeiro milagre’. Fiquei agradecido”.

Os médicos removeram todos os fragmentos de bala, trataram os ferimentos e Buck pode voltar para casa no mesmo dia.

“Só quero agradecer a Deus por sua fidelidade a nós e à nossa família. Sabemos que a oração pode mudar as coisas em sua vida”, celebrou o pastor Scott.

“Havia provavelmente cerca de cem mil pessoas orando por mim, e isso realmente significou muito. Acredito que Deus interveio através dessas orações”, testemunhou Buck.

O atirador que o atacou foi preso pela polícia e acusado de assassinatos em série de outros três homens na região. Todos foram alvos da mesma forma que Buck.

“Eu realmente acredito que Deus tinha sua mão sobre mim. É por isso que estou falando com você hoje. Esta vida é apenas um vapor. E se você vive assim e confia em Deus, ‘Ó morte, onde está o teu aguilhão?'”, declarou ele.

 



Fonte: Guiame


11/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO