NOTÍCIAS


Ex-viciado cria projeto social para os sem-teto em Aruba: ‘Mostramos o amor de Deus’


“Deus me tirou de uma vida de vício em drogas e álcool, Ele me chamou para servir aos que estão nas ruas. Este é o meu chamado”. Com esta declaração, Francis Lacle começa a relatar, em entrevista ao Guiame, sobre o início do trabalho social que faz nas ruas de Aruba.

Aruba é uma ilha ensolarada no sul do Caribe, que vive principalmente do turismo, o que deixa muitas pessoas, que não estão envolvidas nesse mercado, vulneráveis socialmente. Sem falar na pandemia, que atingiu fortemente o turismo mundial.

Em meio a essa condição, nasceu a ideia do projeto social, que tem à frente o casal Francis e Ledys Lacle. Eles, que são membros do “Good Samaritan Christian Center” (Centro Cristão Bom Samaritano), liderado pelos pastores Frank e Jacky Daal, contam com a cobertura da igreja, que existe há 14 anos e tem 350 membros.

Francis conta que o “Lean on me: Aruba Foundation” (Apoie-se em mim: Fundação Aruba) nasceu após ele ouvir a voz de Deus.

Francis e Ledys Lacle, fundadores do “Lean on me: Aruba Foundation”. (Arquivo pessoal)

“Quando eu estava em um evangelismo nas ruas de Aruba com os sem-teto e viciados. Tendo eu mesmo vindo de um passado de dependência de drogas e álcool. Vi que muitos dos homens e mulheres que conheci não podiam tomar banho. Então ouvi Deus dizendo: ‘Chuveiro sobre rodas’”, lembra.

“Com a ideia Dele, comecei a desenhá-la em um papel, a procurar financiamento e o que podia conseguir como doação”, diz Francis, que, junto com sua esposa Ledys, criou e administra a fundação de assistência social.

“Nós dois também cortamos o cabelo das pessoas, mas a Ledys é profissional, eu não (risos). Estou aprendendo. Fazemos tudo juntos nesse projeto, cozinhando, dando roupas limpas etc. e, claro, o banho sobre rodas”.

Projeto social leva fé

Francis diz que o trabalho social é destinado às pessoas que encontram nas ruas. Elas podem cortar o cabelo, tomar banho e ter roupas limpas.

O projeto consiste em um banheiro químico reformado para ser um chuveiro móvel, com tanque de água, gerador de energia, contando também com suportes para serem abastecidos com shampoo e condicionador.

Francis acoplou um banheiro químico ao seu carro e roda pelas ruas de Aruba. (Arquivo pessoal)

Uma cerca permite que os moradores de rua tenham privacidade na hora da higiene. O chuveiro fica acoplado a um suporte de trailer sobre rodas de carro criado somente para isso e fica acoplado ao Jipe de trabalho usado por Francis, tudo criado por ele. Também existe uma parte que é destinada a roupas para doações e objetos de higiene pessoal que são distribuídos.

“Tudo o que fazemos, usamos como um momento para conhecer os homens e mulheres. Isso nos dá a chance de apresentar Jesus a eles. A comida e a bebida, o corte de cabelo, o banho e as roupas limpas são importantes, mas mostrar a Deus com Seu Amor Ágape é a chave”, diz Francis.

Influência do Evangelho

O projeto, que é para todos que moram nas ruas de Aruba, começou quando a fundação começou a ir as ruas, em outubro de 2020, e o chuveiro sobre rodas começou um ano depois.

“Além de minha esposa e eu, temos oito voluntários conosco no projeto que nos ajudam quando podem e a fundação alcança semanalmente por volta de 40 pessoas, mas existem muito mais a serem alcançadas”, afirma Francis.

Sobre a influência do Evangelho no projeto, Francis diz que Jesus é o centro da fundação: “É o trabalho Dele e nós somos apenas seus ajudantes e trazer a palavra de Deus é a missão”.

Ledys Lacle atende sem-teto. (Arquivo pessoal)

Francis diz que o púbico que atendem “é muito vulnerável, eles agem de maneira rude, mas são feridos e pessoas feridas machucam outras pessoas. Precisamos ter paciência e deixar que o amor de Deus os toque. Isso leva tempo”

Desafios

Ele também diz que o trabalho enfrenta desafios. “Neste momento temos problemas com o pequeno jipe porque o reboque com o chuveiro é muito pesado para o jipe. Precisamos de uma carrinha de transporte maior para puxar o chuveiro sobre rodas”.

“Já estamos agradecendo a Deus por Sua provisão. Não recebemos recursos do governo. Vendemos alimentos para conseguir dinheiro para a fundação e recebemos fundos de amigos”, explica Francis sobre os recursos.

Francis e as doações para serem distribuídas aos sem-teto. (Arquivo pessoal)

Por enquanto, o trabalho é alternado entre dois distritos: “Nosso projeto costuma ir um dia para o distrito de San Nicolas e um dia para o centro de Oranjestad com o chuveiro sobre rodas. Também gostaríamos de ir a outros distritos de Aruba no futuro”.

Ele diz que acredita que essa ideia e conceito dado por Deus pode funcionar em qualquer lugar do mundo. “Damos a Deus toda a glória pelo que Ele está fazendo”, finaliza.



Fonte: Guiame


15/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO