NOTÍCIAS


Ex-jogador americano diz que enfrentou internação orando em línguas: “Deus me ajudou”



Recentemente, o ex-jogador de futebol americano, Deion Sanders, falou sobre suas experiências com Deus. Ele disse que sentiu que sua vida foi poupada, no ano passado, durante uma internação de uma semana.

Durante a temporada de futebol americano universitário de 2021, Sanders perdeu três jogos, depois que os médicos encontraram coágulos de sangue em sua perna. Por conta disso, ele atuou como técnico. Os coágulos eram graves e exigiram que dois de seus dedos, do pé esquerdo, fossem amputados. 

“Senti medo de morrer’

Durante uma entrevista, em sua casa no Mississippi, ao Thee Pregame Show, Sanders refletiu sobre o que lhe aconteceu. “Caramba, foi uma trajetória tremenda. Podemos até sentir o ‘cheiro da fumaça’ porque passamos pelo fogo”, comparou.

“Mas eu não mudaria nada disso. Eu precisava disso. Eu amo isso, tenho orgulho disso e sou grato por isso. Realmente eu vi o rosto de Deus e as diferentes personalidades Dele”, disse.

O atleta de 55 anos compartilhou também sobre o medo que sentiu ao se ver diante da possibilidade de perder a vida.

‘Deus respondeu minhas orações’

Ao descrever que recebeu de Deus uma grande bênção, ele observou que poderia ter morrido durante o processo que enfrentou. “Passou pelos pensamentos que eu poderia ter perdido minha perna, do joelho para baixo. Estava quase lá”, revelou. 

“Então, quando eu olho para cima e digo ‘obrigado, Jesus’ é porque sei o quanto chorei em silêncio nas noites que passei naquele hospital”, continuou. 

Sanders disse que sua fé estava totalmente exposta e que Deus respondeu às suas orações.

‘Plena comunhão com Deus’

O atleta disse que orou em línguas [glossolalia] e que se sentiu em comunhão com Deus, louvando-o da forma mais intensa . “Tenho certeza que algumas daquelas enfermeiras pensaram que eu estava louco”, deduziu. 

“Não me importo com o que todos possam dizer”, comentou ao lembrar que clamou a Deus a noite toda e que por isso se sentiu muito melhor.

Sanders também compartilhou que reduziu seu tempo de recuperação para estar presente em um jogo do Jackson State porque seu filho, Shedeur Sanders, disse que precisava da presença dele. 

Porém, ele disse que foi inspirado pelo amor de pai, mas que ainda não estava recuperado o suficiente para isso. “Eu não estava em condições físicas, mas estava sentindo falta do meu time, dos treinadores, dos torcedores, do estrondo das vozes… Senti falta de tudo”, detalhou.

Sanders disse que foi difícil pois estava frio e ele também se sentiu fraco. “Não foi uma boa decisão, mas estou feliz por que Deus me ajudou”, disse ao reforçar sobre a alegria de poder estar ao lado do filho. 

‘Esporte é esporte, mas minha fé é tudo’

Deion Sanders se converteu a Cristo em 1997, depois de sobreviver a uma tentativa de suicídio. Na ocasião, ele estava no auge de sua carreira, mas disse que perdeu a vontade de viver. 

Em sua autobiografia “Poder, dinheiro e sexo: como o sucesso quase arruinou minha vida”, ele conta como passou a sentir um “vazio profundo” e dá detalhes sobre o dia que tentou o suicídio. 

Ele estava dirigindo em um lugar alto e decidiu se jogar de uma certa altura, porém, seus ferimentos não o levaram à morte, como pretendia. Após esse episódio, ele decidiu dedicar sua vida à nova fé, conforme o Sports Casting. 

Me ajoelhei e entreguei tudo ao Senhor. Eu estava passando pelas provações e tribulações da vida. Estava vazio, sem paz e sem alegria. Eu tinha perdido toda a esperança”, contou 

“Eu não estaria onde estou hoje sem a minha fé. As pessoas discutem sobre o que é a fé, sobre quem é Jesus. Não vou sentar aqui e ficar discutindo sobre essas coisas. Só posso dizer que funciona para mim”, simplificou o atleta que afirma ter sua fé agora mais forte do que nunca.

“Esporte é esporte, é só um jogo. Mas minha fé é tudo. É a força que impulsiona a coragem e a verdade. É o que me faz continuar”, concluiu.



Fonte: Guiame


31/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO