NOTÍCIAS


Ex-autora da Nova Era deixa tudo por Cristo: “Estava sendo usada pelo diabo”



Doreen Virtue é conhecida como uma das maiores escritoras do movimento da Nova Era. Ela também fornecia “cartas de anjos”, uma ferramenta ocultista, até que ela teve um encontro com Deus que transformou sua maneira de enxergar o mundo. 

Hoje, Doreen está tentando desfazer o impacto de seu trabalho anterior, alertando o público a não comprar seus velhos cartões e produtos satânicos. Ela incentiva as pessoas a não orar aos anjos e conhecerem Jesus, se afastando da Nova Era.

A transformação de Doreen é notável e ocorreu depois que ela estudou a Bíblia. Após anos de envolvimento com a Nova Era, ela discerniu os verdadeiros males do ocultismo

“Estou arrasada que algumas pessoas possam estar no inferno agora porque estavam seguindo meu trabalho. É doloroso todos os dias perceber o que eu fiz”, disse Virtue no podcast ‘Ex-Médium Salva’.

Doreen confia no Senhor e é grata por Deus ter aberto seus olhos e seu coração para o Evangelho enquanto ainda havia tempo:”É um milagre”, disse ela. 

Envolvimento com o ocultismo

Quando criança, Doreen acreditava que não precisava ler ou confiar na Bíblia, pois para ela, Jesus era apenas um simples homem e um realizador de desejos.

Ela cresceu rodeada dessas mentiras que a fizeram seguir na direção de práticas malignas. A mulher utilizava e lia cartas aos anjos para tentar canalizar espíritos e transmitir informações sobrenaturais.

Esses hábitos se intensificaram e ela começou a produzir seus próprios baralhos de cartas de anjos e comercializá-los no movimento da Nova Era. 

Seu entendimento era tão distorcido que ela acreditava que estava trabalhando para Deus e Ele aprovava tudo o que ela fazia.

“Acabei me tornando um fenômeno muito rápido, e pensei que era a bênção de Deus para mim”, disse Doreen. “Eu não sabia que o diabo usaria as pessoas para promover seu engano”.

Ela continuou: “E então eu estava sendo usada pelo diabo, pensando que estava sendo recompensada”.

Encontro com Deus

Segundo a Faithwire, Doreen tinha todos os status consideráveis pelo mundo. No entanto, a verdade começou a aparecer.

“Eu realmente pensei que era cristã e estava fazendo a obra de Deus. Eu não tinha ideia de que era uma abominação para Deus, fazendo e ensinando adivinhação”, disse ela.

Em 2017, ela leu a passagem de Deuteronômio 18:10-12, e finalmente a luz da palavra de Deus esclareceu todo engano. Ela entendeu que suas atividades eram detestáveis e consideradas uma abominação para o Senhor.

“O véu foi retirado. Eu simplesmente caí de joelhos”, afirmou.

A percepção repentina de que sua vida havia sido vivida de forma contrária à vontade de Deus a deixou perplexa. Então ela pediu perdão ao Senhor e clamou por Ele.

“Eu dei minha vida a Jesus e, desde então, tenho dito às pessoas: ‘Me desculpe por ter feito esses cartões. Por favor, não os use.’”, declarou Doreen.

Doreen enfrentou muita resistência por falar contra suas antigas práticas, mas a convicção de que já ajudou diversas pessoas a se desviar dessas atividades, fazem com que ela permaneça.

O podcast ‘Ex-Médium Salva’ comentou sobre as cartas dos anjos e outras ferramentas semelhantes e concluiu: “Deus nunca nos daria uma mensagem que fosse contra seus mandamentos”.



Fonte: Guiame


08/02/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
ADORAÇÃO