NOTÍCIAS


Evangelista ora por motoboy e pé quebrado é curado, em café na Inglaterra



Quem acompanha o evangelista Luca Martini há um tempo, conhece sua paixão por café. O jovem pregador sempre compartilhou seus momentos de devocional regados a cafés.

Agora, Luca está usando seu conhecimento na preparação da bebida para pregar o Evangelho em mais uma de suas viagens missionárias. 

Junto com sua esposa Letícia, o evangelista está trabalhando como barista em um café missionário em Londres, na Inglaterra, em uma região boêmia, onde acontecem muitas festas com álcool e drogas.

“Todos os dias voltamos para casa com o coração alegre com tudo que temos visto Jesus fazer. A porta que Deus abriu aqui é algo que nunca imaginei, estamos em uma das ruas mais ‘pesadas’ de Londres”, testemunhou Luca, em postagem no Instagram.

O trabalho é uma estratégia para mostrar o amor de Deus, por meio de atitudes e conversas, àqueles que mais necessitam.

Voltando para pregar onde um dia esteve perdido

Luca Martini explicou que muitos jovens que passam a noite em festas bebendo frequentam o café pela manhã. 

O evangelista conhece bem a necessidade espiritual desse público, já que ele próprio experimentou a vida boêmia na Inglaterra, durante sua adolescência. Após ter um encontro pessoal com Jesus, Martini foi transformado e liberto do vício em drogas.

“A última vez que estive aqui antes de conhecer a Cristo, isso lá em 2010, fui jogado dentro de um táxi, carregado, bêbado”, contou ele.

“E essa é a realidade de muitos jovens aqui, muito álcool, muita droga, muita doideira, e no meio disso a Igreja de Cristo, pregando o Evangelho de formas criativas, inspiradas pelo Espírito!”.

Impactando os clientes com o Evangelho

Segundo Luca, muitas pessoas têm sido impactadas com o evangelismo no café, com Deus curando e salvando vidas.

Como Murilo, um motoboy que entrou no café mancando e contou que havia sofrido um acidente de moto e que seu pé estava quebrado, mas não podia parar de trabalhar, apesar de sentir dor.

“Falei ‘Mano, vamos orar agora! Ver o que Jesus faz’”, disse Luca. “De repente o Murilo começou a chorar e me abraçar: ‘Jesus me curou, Jesus me curou!’”.

Em outra ocasião, o pregador atendeu um cliente chamado Keith. Luca aproveitou a oportunidade e perguntou se ele conhecia a história de vida de Keith Green.

Com o mesmo homem do cliente, o evangelista contou sobre a vida extraordinária do cantor e músico cristão, sem citar que ele havia se convertido a Cristo.

Keith ficou curioso com a história do músico e disse que iria pesquisar mais sobre ele. Segundo Luca, a estratégia evangelística é que o homem conheça Jesus durante a pesquisa, de forma indireta.

“Todo dia aqui é uma aventura diferente”, disse.

“Não saia para evangelizar, viva para isso”

Martini ressaltou que o evangelismo deve ser um estilo de vida e acompanhar a vida diária do cristão.

“Muitas pessoas tiram dias especiais para fazer ações evangelísticas, mas confesso que eu não gosto muito disso, pois parece que fazendo assim, vivemos ligando e desligando o ‘modo cristão’”, refletiu o pregador.

“Como se nos programássemos para evangelizar tirando apenas um dia na semana, perdendo várias oportunidades. Quando na verdade deveríamos simplesmente viver, seguindo Cristo e com certeza evangelizando”.

Luca testemunhou como um homem foi curado e ouviu o Evangelho durante um passeio em um bairro boêmio de Londres, com seu amigo Natã.

“Saímos para um rolê de skate em um bairro conhecido por ter muita gente muito ‘louca’. Por volta das 10 da manhã um cara apareceu do outro lado da grade do skatepark com um cachorro. Natã puxou assunto falando do dog eu fui falando com ele”, relatou.

Durante a conversa, o homem comentou que estava com dores no corpo. “Eu só falei: ‘É seu joelho?’ Chega mais perto da grade aí, deixa eu fazer uma parada, sem dizer o que faria. Coloquei a mão no joelho dele e comecei a orar. Ele deixou, orei duas vezes até desaparecer a dor totalmente, depois oramos pela mão e também foi curado”, disse.

Logo depois, o homem perguntou se Luca havia feito os 12 passos dos Narcóticos Anônimos. O evangelista respondeu que não e aproveitou para contar como foi liberto das drogas por Jesus.

Admirado com sua história, o homem disse: “Wow cara, eu já estou me sentindo muito melhor, obrigado, estou bem, estou feliz! Você vai estar aqui amanhã?”.

Luca Martini incentivou: “Não saia para evangelizar. Viva para isso”.



Fonte: Guiame


06/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO