NOTÍCIAS


Desenho da Disney mostra mulher grávida por Satanás e revolta pais: “Demoníaco”


A nova série da Disney — Little Demon (Pequeno Demônio) — criada por Darcy Fowler, Seth Kirschner e Kieran Valla, apresenta uma mulher que engravida de Satanás e dá à luz uma filha do Anticristo. 

No roteiro, treze anos depois, a filha Lucy já adolescente e a mãe Laura, tentam viver uma vida normal em Delaware, nos EUA, mas são constantemente perturbadas por forças malignas, incluindo o próprio Satanás, que anseia pela custódia da alma de sua filha.

A comédia animada para adultos, que estreou no dia 25 de agosto pelo canal americano Fox Network, mostra um mundo de demônios, bruxas e feitiçarias, conforme explicou a organização cristã One Million Moms (Um milhão de Mães) — que fez um abaixo-assinado com 17.200 assinaturas.

A organização faz parte da American Family Association — outra organização cristã americana que se opõe às expressões LGBT no mundo infantil, além de lutar contra a pornografia e o aborto. A petição visa pressionar a Fox Network, na tentativa de cancelar o seriado. 


Cena da animação “Little Demon”. (Foto: Captura de tela/YouTube FX Networks)

‘Perigos do reino demoníaco’

“Com o conteúdo demoníaco desta série, as mentes dos espectadores mais jovens serão inundadas com visões de mundo seculares que refletem a cultura atual”, se manifestou a One Million Moms.

A petição citou uma observação feita pelo site de notícias Hollywood Deadline: “Entre outras travessuras, a comédia mostra Laura [a mãe] nua, sem  pixelização. Ela tira as roupas logo no primeiro episódio para realizar um ritual. Além disso, há várias cenas de nudez ao longo da série”.

A organização responsável pela petição disse também que “o desenho faz pouco caso do inferno e dos perigos do reino demoníaco. Mesmo as prévias e os comerciais incluem conteúdos horríveis, que torna difícil para as famílias que assistem ao canal evitar completamente seu assunto maligno”. 

“O primeiro episódio é mais do que suficiente para a maioria das famílias cristãs perceberem que ‘Little Demon’ é uma série extremamente perigosa”, completou. 

Por outro lado, a Disney tenta “retratar a bruxaria como uma ferramenta positiva para combater o mal”, de acordo com o grupo.


Cena da animação “Little Demon”. (Foto: Captura de tela/YouTube FX Networks)

O que a Bíblia diz?

Em Isaías 8.19-22 diz àqueles que consultam médiuns e fazem encantamentos, que estão procurando os mortos em favor dos vivos. O texto bíblico alerta, em seguida, que aqueles que não seguirem as leis e os mandamentos de Deus jamais verão a luz. 

Ainda segundo a Bíblia, só haverá aflição e trevas para aqueles que buscarem o mundo dos demônios. Citando esses versículos, a organização pede que “o desenho sombrio seja cancelado imediatamente”. 

O Christian Post lembra que, em 2020, o desenho “Onward” — o primeiro a apresentar um personagem gay na animação, produzido pela Disney — mostrava seres mágicos que tinham perdido sua conexão com a magia. 

Ao citar ainda outras animações com o mesmo contexto, o site de notícias cristãs lembrou que várias petições já foram feitas para que os desenhos fossem proibidos às crianças.
Porém, a companhia de mídia permanece neutra quanto às petições, alegando que isso se trata de um “guerra cultural”, conforme conclui o Christian Post.


Cena da animação “Little Demon”. (Foto: Captura de tela/YouTube FX Networks)



Fonte: Guiame


06/09/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO