NOTÍCIAS


“Decidimos confiar em Deus”, diz casal que foi orientado por médicos a abortar com 5 meses


Um casal que estava aguardando o nascimento de seu primeiro filho, foi surpreendido com a notícia de que a bolsa havia se rompido antes do tempo. Os médicos tentaram encorajar a mãe a realizar um aborto, já que o bebê “correria grandes riscos de saúde”.

Conforme o Live Action, Tatyana e seu marido Timothy Ramjohn ouviram dos profissionais que o bebê não sobreviveria ou poderia ter graves deficiências. Além disso, a mãe estava correndo riscos de vida por causa da possibilidade de infecção. 

Apoiado em sua fé, o jovem casal rejeitou a oferta dos médicos e preferiu confiar em Deus. Tatyana permaneceu internada no hospital, em repouso. “Recebemos uma lista de clínicas de aborto”, disse o pai.

Um milagre nasceu

Timothy disse que foi informado que um bebê com 19 semanas tem 0% de chance de sobrevivência e, se por acaso, Tatyana entrasse em trabalho de parto, sua vida estaria em risco por conta de infecções e possibilidade de hemorragia. 

“Apesar de todos os riscos, decidimos confiar em Deus e seguir com a gravidez mesmo sem nenhum líquido [amniótico] na bolsa. Nós só tínhamos a nossa fé”, disse Timothy. 

Mas, contrariando as previsões da medicina, no dia 15 de abril de 2019, nasceu Easton, com 27 semanas de gestação. Os médicos passaram a chamá-lo de “menino milagre”.


Tatyana, Timothy e seu bebê, saindo do hospital. (Foto: Reprodução/Facebook Timothy Ramjohn)

“Obrigado Jesus”

“Temos um longo caminho pela frente, mas estamos mais do que confiantes de que Deus estará presente até o fim. Que presente! Obrigado a todos, por suas orações e apoio”, Timothy escreveu em seu Instagram.

Easton precisou ficar 10 dias na incubadora, antes que Tatyana pudesse segurá-lo. E, depois de 4 meses na UTI, ele finalmente estava pronto para ir para casa com os pais. 

“Foram 123 dias de muitos cuidados, orações e amor”, disse o pai ao agradecer a todos os médicos e enfermeiros do Memorial Regional Hospital. “Obrigado Jesus por este milagre”, continuou. 

Easton superou vários desafios médicos, segundo a família, como depender de um tubo de alimentação e até teve que usar um capacete enquanto crescia.

“Mas ele se transformou num garotinho saudável e divertido. Agora ele também tem um irmão”, disse a família ao dar as boas-vindas ao segundo filho, Cannon, em 4 de maio de 2021.

Ao longo de sua emocionante jornada, Timothy e Tatyana mantiveram a fé em seus corações. Mesmo quando os profissionais médicos os exortaram a considerar os perigos de seguir com a gravidez de Easton, eles permaneceram firmes em oração para que o Espírito Santo continuasse a protegê-los. “Quando estiver com medo, confiarei em Ti”, o casal citou o Salmo 56.3.



Fonte: Guiame


08/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO