NOTÍCIAS


‘Damos Bíblias a soldados russos e muitos aceitam’, diz Sociedade Bíblica da Ucrânia



Cerca de 7 milhões de ucranianos tiveram que fugir do país, desde que a Rússia colocou em prática seus planos de tomar o país da forma mais violenta. Agora, a Sociedade Bíblica da Ucrânia, se concentra em trabalhar por aqueles que permaneceram. 

“Nós tentamos fazer o nosso melhor pelos que ficaram. Juntamente com as igrejas, estamos levando luz às trevas. A escuridão é muito profunda. Grandes problemas estão se tornando cada vez mais visíveis”, explicou o vice-secretário geral da Sociedade Bíblica Ucraniana, Anatoliy Raychynets. 

Sobre o trabalho de doações de Bíblias, ele disse que “têm sido uma grande bênção” ter a palavra de Deus em mãos. Além disso, disse também que tem sido excelente para as pessoas que estão circulando pelo país e que não podem levar muitas coisas com elas. 

“Nossa equipe no leste da Ucrânia diz que está dando Bíblias para soldados russos e muitos deles estão aceitando. O armazém agora está vazio de Bíblias russas”, ele compartilhou. 

‘Não podemos fazer planos’

Ao descrever a situação atual do país, Anatoliy diz: “A vida diária é pesada. Você se sente tão cansado. Não durmo uma noite inteira há cinco meses. Estou falando em nome de milhões”.

Há funerais todos os dias. Todos os dias conhecemos alguém que conhece alguém que foi morto. Com o passar das semanas, vamos nos acostumando com notícias ruins como essa, mas não percebemos o quanto isso está nos mudando, o quanto está nos prejudicando”, continuou.

“Se você sair da Sociedade Bíblica, ao virar da esquina, você encontrará pessoas de 60 ou 70 anos, ou pessoas mais jovens, que estão bêbadas ou que estão com problemas mentais, falando alto. A cada dia isso é mais comum”, relatou. 

“Você não pode planejar nada. Na semana passada, viajamos para áreas urbanas problemáticas, no leste, para evacuar mulheres e crianças. Tínhamos um plano, mas tivemos que mudá-lo cinco vezes. Chegamos em Kyev 27 horas depois do planejado”, explicou.

Luz na escuridão

Segundo Anatoliy, já são quase 14 milhões de deslocados internos e todos os dias eles recebem ligações de igrejas que têm grupos de refugiados de muitas cidades. “Eles precisam de comida, cuidados médicos, entre outras coisas”, disse. 

“Outros países também receberam muitos ucranianos. Nosso presidente até mencionou que os cristãos recebem o povo ucraniano com muito amor. Este é um grande testemunho — o mundo está vendo que ajudamos uns aos outros. Como eu disse antes, é luz na escuridão”, reforçou. 

“Quero expressar gratidão por todo o apoio pelas doações de Bíblias de Sociedades Bíblicas ao redor do mundo”, agradeceu ao citar que ainda há uma grande necessidade de materiais cristãos na Ucrânia. 

Além da distribuição de Bíblias, há também programas de cura de traumas que são feitos pelas igrejas evangélicas e católicas, para adultos que perderam parentes e crianças que ficaram sem os pais.



Fonte: Guiame


08/08/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO