NOTÍCIAS


Clínica cristã é incendiada por rebeldes na África e pacientes morrem queimados



Uma clínica cristã que fica na República Democrática do Congo, dirigida por uma igreja, foi atacada pelas Forças Democráticas Aliadas (ADF, sigla em inglês), no dia 7 de julho. 

O ataque começou por volta das 22h40, conforme a Portas Abertas, e havia pacientes dentro da clínica. Os rebeldes atearam fogo mesmo assim, e as pessoas morreram queimadas. 

O prefeito congolês da cidade de Lume no estado de Kivu, Kasereka Ise Mighambo, confirmou o ataque. Uma enfermeira local disse que o Ministério da Saúde registrou 13 mortes. 

Já o porta-voz do exército congolês, capitão Antony Mualushayi, relatou a perda de 9 vidas, entre elas 3 crianças. 

Sobre a clínica cristã e o ataque

A clínica da Igreja Comunidade Cristã na África Central (CECA, na sigla em inglês), oferecia pronto-atendimento para cristãos das áreas rurais. Não ficou claro quantos pacientes eram cristãos e qual o total de mortes na clínica.  

As Forças Democráticas Aliadas têm atacado sistematicamente e enfraquecido as igrejas cristãs no Leste do país como parte do projeto da expansão islâmica.

A Portas Abertas compartilhou que tem sido desgastante sofrer os ataques recorrentes e violentos no Leste da República Democrática do Congo. No mês passado, por exemplo, um treinamento foi interrompido por tiroteios dos extremistas. 

Em 2021, tanto a República Democrática do Congo quanto a Uganda lançaram uma ofensiva contra as ADF, mas a violência contra civis permanece imbatível. Tentando evitar os ataques desenfreados, muitas pessoas fogem e deixam tudo para trás buscando segurança. 



Fonte: Guiame


29/07/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO