NOTÍCIAS


Bebê que nasceu com 32 semanas ressuscita após mãe cantar “Aos Olhos do Pai”



Ana Paula Valadão compartilhou em seu Instagram um testemunho sobre a história de uma mãe, que após duas horas do óbito de sua bebê, pôde segurá-la com vida nos braços pela primeira vez depois de cantar um louvor para ela.

“Deus de milagres, que ressuscita mortos! Para Ele nada é tão difícil”, escreveu a cantora cristã, na postagem do vídeo onde Dieisy Leticia conta seu testemunho.

Em seu depoimento, a mãe da criança conta que chorou após os médicos constatarem a morte de sua filha Luna, que nasceu prematura, com 32 semanas, depois que Dieisy teve descolamento de placenta.

Depois da dura notícia, ela conta que pegou sua filha no colo. Luna era muito pequenina pelo tempo de gestação – tinha 29 centímetros e pesava apenas 1,180kg. A menina estava roxa, inchada e gelada, contou Dieisy.

Em seguida, Dieisy diz que orou a Deus para que Ele a recebesse de braços abertos e cuidasse dela. Em seguida, enquanto a criança estava em seu colo, ela cantou o louvor “Aos olhos do Pai”, composição de Ana Paula Valadão.

“Algo que também me impactou foi que o Senhor ressuscitou a bebê dessa mãezinha enquanto ela cantava ‘Aos olhos do Pai’”, escreveu a cantora.

Ela destaca que, embora essa canção não seja tipicamente associada a momentos de clamor tão intensos, sua execução carregava uma unção especial e profunda. E agradeceu:

“Toda glória e toda honra sejam dadas para Ele, que continua fazendo milagres hoje.”

Ressurreição

Depois disso, Dieisy disse que começou a sentir sua filha se mexer:

“Quando eu comecei a cantar, a boquinha dela começou a rosar, o pai dela [estava] cantando junto comigo, e ela deu um suspiro, se mexeu e eu chamei a enfermeira e falei: ‘Ela está se mexendo’”, contou. “A enfermeira olhou para mim e falou que é normal depois que morre ter espasmos”.

Mas Dieisy Leticia viu que sua filha de fato havia voltado. “Eu comecei a sentir o coraçãozinho dela pulsando na minha mão, batendo, voltando a bater. Eu falei para a enfermeira: ‘Você não está me entendendo, eu estou sentindo a minha filha, ela tem vida’”.

Ela conta que após o milagre, a médica veio e disse que não tinha como entender o que havia acontecido. E Dieisy disse: “Milagre não se explica”.

“Deus abriu a porta do céu e devolveu minha filha”, declarou Dieisy.

Assista ao testemunho completo:



FONTE: GUIAME


02/07/2024 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/OFICIALDESTAKGOSPEL/

NO AR:
- DESTAK GOSPEL