NOTÍCIAS


Avô perdoa assassino de neta de 7 anos: “Ouvi a voz de Deus”



O avô de Athena Strand declarou perdão ao motorista da FedEx, Tanner Lynn Horner, acusado de sequestrar e assassinar sua neta de 7 anos no Texas. O idoso pediu para ter “cinco minutos sozinho em uma cela com o psicopata”. 

Tanner Lynn Horner, de 30 anos, é acusado de homicídio e sequestro agravado em conexão com a morte de Strand. O homem, que já trabalhou como motorista do Uber antes de ser banido da plataforma, foi detido no sábado sob fiança de US$ 1,5 milhão.

Segundo o xerife do condado de Wise, Lane Akin, o sequestro da garota foi um “crime de oportunidade”. Ele explicou que Horner supostamente admitiu ter sequestrado Strand enquanto entregava um pacote em sua casa no norte do Texas.

O desaparecimento da menina foi comunicado pela madrasta dela. Dois dias depois, seu corpo foi encontrado a menos de 16 quilômetros da casa do pai. Segundo informações, o suspeito não conhecia a vítima nem a família da menina.

“Não consigo acalmar minha mente e tenho que compartilhar isso. Um amigo me perguntou outro dia se eu acredito que Deus fala com as pessoas. Acontece que sei que Ele fala, pois está falando comigo agora”, disse o avô da menina, Mark Strand.

Perdão público

O idoso escreveu uma homenagem comovente no Facebook no sábado (04):

“Esta carne, este homem que eu sou, está com raiva e eu quero 5 minutos sozinho em uma cela com o psicopata que tirou nossa Athena de nós, mas há uma voz suave e gentil no fundo da minha cabeça me dizendo que eu preciso perdoar ele.”

“Este homem de carne quer que aquele psicopata queime no inferno por toda a eternidade, mas aquela voz gentil continua a me dizer, eu preciso perdoá-lo”, continuou o avô. “Este homem carnal espera permanecer cego e surdo para a mensagem da salvação e nunca põe os pés no mesmo céu que eu sei em meu coração que minha querida Athena reside agora e ainda, aquela voz gentil persiste. Por que você pergunta? Porque o ódio é uma força poderosa que criará raízes em sua alma. Deus quer nos proteger a todos desse ódio. O ódio é a porta de entrada para o mal que vemos crescer no mundo hoje.”

“Se você colocasse aquele homem diante de mim agora, por causa do ódio que está tentando se enraizar em minha mente, eu provavelmente o mataria”, escreveu o Strand mais velho. “Então esse ódio se enraizaria em meu coração e eu seria destruído. Essa voz gentil é o Espírito Santo de Deus falando comigo agora. Ele está me lembrando que meu salvador Jesus, voluntariamente se colocou em uma cruz e morreu em meu lugar para me reconciliar com Deus Pai, mas também que Ele fez isso por todos nós, até mesmo por este homem que minha carne tanto odeia neste exato momento.”

O avô continuou sua mensagem pública, dizendo: “Sou um homem pecador, mas já ouvi essa voz antes e sinto falta de ouvir essa voz. Se eu permitir que esse ódio me consuma, essa voz desaparecerá e eventualmente será silenciada. Então esse espírito feio de ódio terá sucedido e é por isso que esta voz gentil persiste em me dizer que eu preciso perdoar este homem. É para minha proteção e minha paz. É para me libertar deste ódio e permitir que eu continue a ouvir a voz gentil de Deus.”

“Não há um grama da minha carne que queira fazer isso ou dizer isso, mas meu espírito ouviu a voz de Deus e agora, enquanto as lágrimas inundam meus olhos, declaro publicamente que perdoo este homem!”, declarou Strand.

Honrar a voz de Deus

“O ódio não vencerá. Espero que minha família entenda que não faço isso pelo bem deste homem. Faço isso pelo bem da minha família e de mim mesmo e para honrar a voz de Deus que está me dando forças para dizer isso”, disse ele.

E concluiu sua postagem: “Faço isso para honrar nossa preciosa Athena, que não conheceu o ódio. Este homem não terá permissão para viver em meu cérebro, ele pertence a Deus e a justiça de Deus será feita. O amor vence tudo e perdoa. Hoje, eu escolho O amor e o ódio perdem.”

Passado nebuloso

O jornal Fort Worth Star-Telegram informou que Horner não parecia ter antecedentes criminais. O porta-voz da Uber não explicou por que Horner foi banido da plataforma meses atrás.

Segundo uma mulher de 23 anos chamada Shay Marie afirmou nas redes sociais, Horner a estuprou em 2014, quando ela tinha 16 anos. No entanto, não está claro se Horner já foi processado.

A menina teria ficado com o pai e a madrasta no Texas antes de voltar para a mãe, Maitlyn Gandy, em Oklahoma, perto do Natal. Em uma homenagem comovente no Facebook, Gandy escreveu: “Athena é inocente, bonita, gentil, inteligente e a alma mais brilhante e feliz que você poderia conhecer”.

“Não quero que ela seja a garota conhecida como a assassinada e descartada por um monstro”, escreveu Gandy. “Quero que todos saibam, cada pessoa neste mundo, que este é meu bebê e meu bebê foi tirado de mim.”



Fonte: Guiame


06/12/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO