NOTÍCIAS


Ator diz que interpretar Jesus em “The Chosen” o ensinou depender mais de Deus



O ator principal de “The Chosen” fala sobre seu testemunho antes de ser escalado como Jesus Cristo na série. Jonathan Roumie contou ao The Christian Post que estava em um lugar escuro e com decisões difíceis a serem tomadas, como parar sua carreira.

“Quatro anos atrás, antes de começar esta jornada, eu estava em um lugar muito diferente da minha vida”, disse o ator de 48 anos. “Eu estava falido; eu não sabia se continuaria a ser ator.”

Roumie revelou que seu ponto mais baixo aconteceu em maio de 2018, e foi aí que decidiu se render “completa e totalmente” a Deus em todas as áreas de sua vida.

Voltar-se para a fé mudou tudo. Apenas três meses depois, o criador de “The Chosen”, Dallas Jenkins, ligou para Roumie para perguntar se ele queria estrelar uma série sobre a vida de Jesus Cristo e Seus seguidores.

Lançado em 2019, “The Chosen” já foi visto por mais de 94 milhões de pessoas em todo o mundo. A terceira temporada da série chegou em 2.012 cinemas em 18 de novembro, terminando em terceiro lugar no mercado americano com US$ 8.687.682.

Elogiada por sua precisão histórica e bíblica, a série foi traduzida para 62 idiomas.

Terceira temporada

Jenkins disse ao CP que o tema da terceira temporada é “Vinde a mim, todos vocês que estão cansados ​​e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês”.

“Esta temporada realmente captura os cansados ​​e oprimidos”, disse Jenkins. “E acho que nosso mundo agora está passando por ‘cansado e sobrecarregado’, Covid, problemas climáticos, seja o que for, divisão política, essas são todas as coisas pelas quais eles passaram no primeiro século. Jesus veio, e eles esperavam que Ele vencesse os romanos, deixasse tudo bem e resolvesse todos os problemas políticos. Ele não o fez; não era por isso que Ele estava lá. Ele estava criando um novo Reino e tinha uma nova definição de como seria o descanso”.

“Acho que a chave para esta temporada é dar uma definição de como é o descanso ao ver Jesus e como é o descanso pelos olhos dos discípulos”, acrescentou.

O ator ainda disse que estudar a pessoa de Jesus e retratá-lo na tela grande foi “profundamente enriquecedor” para sua caminhada pessoal.

“Isso me forçou a depender ainda mais do que eu pensava que já dependia de Deus para tudo na minha vida”, disse ele. “Não há um dia que passe sem que eu comece com uma oração e agradeça por onde Deus me trouxe nesta jornada.”

Ler as Escrituras

Roumie disse que ora para que a série aponte os espectadores para “um poder maior”, para “Deus, o Pai, o Filho e o Espírito Santo”.

“Espero que eles possam se sentir inspirados a ler as Escrituras e serem inspirados pela Palavra e talvez encontrar a Igreja e se envolver mais em tornar Deus uma parte maior de suas vidas, porque sua vida só melhora.”

No próximo projeto, Roumie atuará como o carismático pregador de rua hippie Lonnie Frisbee em “Jesus Revolution”. O filme está programado para ser lançado em 24 de fevereiro de 2023.

“Essa foi uma abordagem totalmente diferente para um personagem que ama a Deus; foi uma viagem”, disse Roumie sobre seu papel no próximo filme dos irmãos Erwin.

O ator diz que tanto em “The Chosen” ou na história “Jesus Revolution” seu trabalho é uma forma de ministério, uma forma de compartilhar a esperança de Cristo com um mundo ferido.

“À medida que você conhece a Cristo cada vez mais profundamente, [a vida] nunca pode piorar, ela só melhora. Acho que mais pessoas precisam saber disso, ouvir isso. E se pudermos encontrar uma maneira de fazer isso por meio da mídia moderna, como contar histórias e televisão, então esse é o nosso chamado”, disse ele.



Fonte: Guiame


22/11/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO