NOTÍCIAS


Atleta diz que orações após parada cardíaca foram um “despertar espiritual”



O quarterback Josh Allen é companheiro de equipe de Damar Hamlin, que sofreu uma parada cardíaca em campo, durante uma partida de seu time Buffalo Bills, em 2 de janeiro.

Allen declarou que desde o incidente, que gerou uma onda de orações por Damar, ele está se abrindo ainda mais sobre “um despertar espiritual”.

“Foi uma espécie de despertar espiritual, realmente, para mim”, disse Allen no podcast Kyle Brandt’s Basement. “Eu sei de muitas outras pessoas que talvez não tivessem a crença mais forte, ou não fossem os maiores [ou] seguidores cristãos mais fortes.”

“É algo que nunca senti antes”, continuou ele. “É algo que eu sei que muitos dos meus companheiros de equipe nunca sentiram antes, e você não pode fazer nada a não ser aceitá-lo, apoiar-se em seus irmãos e compartilhar esse momento com eles”.

“Nunca fiquei impressionado assim antes – de uma peça, de uma experiência, de uma emoção – nunca me atingiu dessa maneira antes”, disse Allen sobre seus comentários na coletiva de imprensa durante sua entrevista com Brandt.

“Serei o primeiro a admitir, tipo, não tenho sido o seguidor de Cristo mais devotado da minha vida. Tive minhas diferentes crenças, pensamentos, ideias e coisas assim, mas algo me dominou lá e foi extremamente poderoso que, você sabe, eu não poderia negar isso.”

Mensagem divina

Allen acredita que Deus se comunicou com ele e a equipe, durante um momento em campo quando houve a primeira jogada na semana após o colapso de Hamlin.

Um companheiro de equipe marcou um touchdown (uma pontuação do futebol americano) em um retorno inicial de 96 jardas – um evento raro, especialmente para uma jogada de abertura, explicou.

Segundo o atleta, o que fez parecer uma mensagem divina foi que já se passaram três anos e três meses desde o retorno do último TD inicial. O significado aqui, é claro, é o número da camisa de Hamlin, que é 3.

“Foi apenas espiritual… eu estava passando por minha equipe e dizendo: ‘Deus é real'”, disse Allen. “Você não pode desenhar aquilo, escrever aquilo melhor.”

Resposta à oração

Para muitos, e também para Allen, a rápida cura de Damar Hamlin tem sido uma resposta às orações de uma nação. Um milagre para alguém cujo estado médico inicial era gravíssimo, mas que sobreviveu. O atleta teve alta do hospital e voltou para casa para continuar sua recuperação.

Apenas uma semana após o incidente de Damar, o Bills voltou ao campo e venceu o New England Patriots. O impacto emocional foi palpável. 

O incidente de Hamlin no Paycor Stadium abriu alguns dos jogadores do Buffalo para abraçar o poder da fé de maneira contínua, relatou a CBN News.

“Deus nos convida a orar ouvindo-o, bem como compartilhando nossos corações e pedidos”, disse o capelão da equipe de Buffalo Bills, Len Vanden Bos, ao Baptist Press.

“O propósito da oração é construir esse relacionamento e nos alinhar com a Sua vontade. É nesse alinhamento que crescemos e aprendemos a segui-Lo.”

Segundo o capelão, os jogadores do Bills permaneceram abertos à fé desde que deixaram Cincinnati. 

Vanden Bos conta que os encorajou com um versículo do Livro de Hebreus: “Portanto, aproximemo-nos do trono da graça com ousadia, para que possamos receber misericórdia e encontrar graça para nos ajudar em tempos de necessidade.”



Fonte: Guiame


20/01/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO