NOTÍCIAS


Apenas cristãos evangélicos leem a Bíblia regularmente na Alemanha, revela pesquisa



Uma pesquisa recente realizada na Alemanha pela empresa Insa-Consulere para a agência de notícias Idea revela que 68% da população “nunca lê a Bíblia” (78% na Alemanha Oriental e 66% na Alemanha Ocidental). Outros 15% afirmaram ter lido a Bíblia em algum momento nos últimos meses.

Segundo a pesquisa, realizada em maio de 2024, apenas 5% dos alemães têm uma rotina diária de leitura da Bíblia, enquanto outros 4% afirmam ler as Escrituras uma vez por semana ou mais.

Esses números são melhores do que os de uma pesquisa aprofundada da Universidade de Leipzig, publicada em 2023, que concluiu que, embora mais da metade dos alemães possua uma Bíblia, apenas 1,6% a lê diariamente.

Esse relatório também destacou um “surpreendentemente baixo uso entre protestantes e católicos” no país que viu o nascimento da Reforma Protestante.

Jovens mais interessados ​​na Bíblia

Na pesquisa Insa-Consulere, a faixa etária que respondeu mais positivamente à questão da leitura diária da Bíblia foi a dos jovens entre 18 e 29 anos. Nessa faixa, 11% afirmaram ler a Bíblia diariamente e 8% semanalmente. No entanto, pouco mais da metade (56%) disse que nunca a lê.

Essa tendência de maior interesse pela fé cristã entre as gerações mais jovens também apareceu em outras estatísticas recentes na Alemanha.

Além disso, pesquisas sobre a geração Z (aqueles nascidos depois de 1997) indicam um aumento na prática da oração e na frequência à igreja em países como França, Grã-Bretanha, Holanda e Hungria. Na Finlândia, o número de jovens que frequentam a igreja mais que dobrou em menos de uma década.

Católicos, protestantes e evangélicos livres

A pesquisa do Insa-Consulere sobre a Alemanha, no entanto, mostra que 61% dos que se autodenominam católicos romanos confessam nunca ler a Bíblia (muito próximo da média geral).

Os que se identificam como protestantes tradicionais e dizem que nunca abrem as Escrituras são 57%.

De acordo com os dados, os católicos romanos (39%) e protestantes tradicionais (43%) leem mais a Bíblia.

As respostas variam significativamente apenas entre os entrevistados que se identificam como cristãos evangélicos livres. Dentre esses, apenas 15% afirmam que “nunca leem a Bíblia”, enquanto mais de um terço declara lê-la diariamente. Além disso, 20% relatam ler a Bíblia uma vez por semana.

A pesquisa, na qual mais de 2.000 adultos foram entrevistados, apontou também que os eleitores dos partidos tradicionais de centro-direita e centro-esquerda leem a Bíblia um pouco mais do que os eleitores de partidos mais nos extremos do espectro político.



FONTE: GUIAME


02/07/2024 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @HTTPS://WWW.INSTAGRAM.COM/OFICIALDESTAKGOSPEL/

NO AR:
- DESTAK GOSPEL