NOTÍCIAS


Anjo aparece a muçulmano enquanto lia Alcorão e o leva até evangelista


Nem todos os milagres que acontecem entre muçulmanos chegam ao conhecimento dos cristãos brasileiros, mas o pouco que chega tem sido impactante, alguns deles, inclusive, após aparições de Jesus por meio de sonhos ou visões.

A esses fenômenos, o Pr. Leif Hetland disse em entrevista exclusiva ao Guiame que “quando a igreja não vai, Jesus vai”. O missionário diz que “Deus está visitando os muçulmanos porque os ama demais”.

Em seu cardápio de testemunhos, o presidente da Global Mission Awareness destacou duas histórias milagrosas referentes a muçulmanos.

Uma delas é sobre uma mulher que foi morar perto de sua casa na Noruega (Hetland explica que seu país tem recebido muitos povos do Oriente Médio, a maioria islâmicos). O missionário brinca que já tem vários vizinhos muçulmanos e logo nem precisará mais viajar para evangelizá-los.

“Veja, podemos fazer missão onde estivermos. Na minha vizinhança, alguns dos meus vizinhos hoje são muçulmanos. Isso tem me empolgado, porém muitos dos meus noruegueses não estão gostando disso”, diz o evangelista.

Para ele, é uma oportunidade de pregar o Evangelho. “Se nós não vamos para o mundo, Deus traz o mundo para nós. E agora os muçulmanos estão no meu bairro”, diz. 

Hetland diz que tem se aproximado deles. Um o cumprimenta, e em uma das conversas, o evangelista deu seu número de telefone ao vizinho muçulmano.

“A esposa dele nunca havia chegado perto de mim. Mas uma noite, cerca de 1 hora da manhã, eu estava dormindo e recebi uma ligação. Era esse muçulmano, que é um sacerdote”, conta Heitland.

O evangelista diz que o homem perguntou se poderia ir até a sua casa junto com sua esposa.

“Eu disse que sim. Quando chegaram ele perguntou: ‘Você consegue ajudá-la?’ Eu não sabia, mas ela era bipolar. Por causa da guerra na Síria, ela estava sofrendo com problemas de saúde mental”, explica Hetland.

“Eu perguntei se ela poderia tirar o véu que cobria todo o rosto. Senti que o Espírito Santo queria que eu a olhasse nos olhos. Quando olhei para ela, comecei a chorar, a sentir toda dor, o trauma daquela mulher”, lembra-se.

“Olhando firme nos olhos dela, liberei um ‘batismo de amor’. Ela começou a rir. Ela não ria há 8 anos, disse o marido. Ela foi curada, Jesus a tocou. Esse é um exemplo. Mas nós não somos fiéis às vezes, ao que Deus nos mandou fazer, longe ou perto. Mas Deus continua sendo fiel”, testemunha o evangelista.

Trabalho desafiador

Hetland contou ao Guiame, que apesar do trabalho desafiador vale a pena servir no campo missionário, em países de forte perseguição a cristãos, simplesmente pelo que vê Deus fazendo.

Leif Hetland ministrando na Conferência ‘On Mission’, em SP. (Foto: Francielle Cecilia / Global Awakening)

Ele diz que um exemplo da atuação divina aconteceu em Mossul, no Iraque, um dos países que mais trabalha como missionário, obviamente de forma secreta (apesar de contar com apoios locais).

“Eu estava em uma cidade perto de Mossul, e um muçulmano radical estava lendo o Alcorão quando um anjo apareceu e falou para ele ir para um campo. Ele largou tudo e foi”, conta.

O muçulmano andou quilômetros, até o campo onde Heitland estava pregando o Evangelho. “Aquela mesma voz disse a ele: ‘Ouça o que esse homem vai te dizer’. Quando fiz o apelo para aceitar Jesus, ele foi o primeiro e contou: ‘Um ser luminoso entrou em meu quarto, eu fechei o Alcorão e vim para a reunião’”.

“A igreja não tinha ido para ele, então Deus está enviando mensageiros para falar de Jesus”, diz Heitland.

‘Degustações de sinais e maravilhas’

O evangelista compara o que Deus está fazendo nos dias de hoje, ao que já fez no passado, e cita Agar como exemplo.

“Ismael estava no deserto com sua mãe Agar chorando. Ele estava com sede, e quando Agar foi buscar água, Deus enviou o anjo para falar com ela e entregar promessas”, diz sobre a história relatada em Gênesis 21:8-21.

“Precisamos entender que cerca de 1,8 bilhão de muçulmanos estão chorando. Deus tem dado a eles uma degustação de sinais e maravilhas, quando se revela em visões e sonhos”, diz.

“Ismael e seus descendente são de Deus, são de Jesus. Deus quer sua família de volta, os filhos de Abraão. Ele enviou Jesus para restaurar todos de volta para ele. Para promover uma reconciliação igual à de Jacó e Esaú. É isso que ele está fazendo”, resume.



Fonte: Guiame


21/07/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO