NOTÍCIAS


Andar com Cristo exige ruptura com as velhas práticas do mundo



No tempo de Josué, um dos israelitas chamado Acã estava escondendo um objeto amaldiçoado (uma capa feita na Babilônia) além do ouro e prata que deveriam ser consagrados ao Senhor (Js 6:18-19) que ele roubou dentre os destroços de Jericó.

Então a ira do Senhor se acendeu e Ele disse: “Há coisas condenadas no meio de vocês, ó Israel. Vocês não poderão resistir aos seus inimigos enquanto não eliminarem do meio de vocês as coisas condenadas.” (Js 7:13).

Agora, todo o povo estava em perigo por causa de uma maldição admirada por um homem desobediente. Isso só foi resolvido, quando Josué, sendo um líder cauteloso e sob orientação divina, investigou até encontrar o culpado e desfez a maldição queimando tudo!

O que você tem guardado da sua velha vida em sua casa? Jogue fora hoje mesmo. E quais objetos você jogou fora, mas os conceitos e influências ainda estão presos em seu coração? Ore, confesse e se arrependa para alcançar a misericórdia e libertação.

Na igreja primitiva, os recém-convertidos confessavam e denunciavam publicamente as suas más obras e, além disso, jogavam fora todos os seus objetos relacionados à magia e práticas malignas confessando e denunciando publicamente as suas próprias obras (Atos 19:18,19).

Atualmente, os cristãos precisam compreender que para andar com Cristo é necessária uma ruptura absoluta com o mundo e suas velhas práticas (Ef 5:11,12).

A igreja precisa urgentemente entender que nós estamos em uma verdadeira guerra espiritual (Ef 6:11,12) e o inimigo é astuto e fará de tudo para distrair nossas mentes.

Por isso, não adianta você entender pelas Escrituras que Deus abomina o adultério, o roubo e a magia e, ao mesmo tempo, amar assistir filmes, séries e desenhos que promovem esses e outros pecados e suas ideologias.

Nessa guerra, um soldado como você não pode ficar distraído. Ocupado com as fantasias do mundo. Fique atento. Jesus disse: “Vigiem e orem” (Mt 26:41).

Nunca se esqueça que o entretenimento é uma das mais eficazes ferramentas para distração dos soldados do exército de Deus!

“E não sejam cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, tratem de reprová-las. Pois aquilo que eles fazem em segredo é vergonhoso até mencionar.” (Ef 5:11,12)

Felipe Morais é servo temente ao Senhor e atua como pastor na Igreja Batista do Reino, Bacharel em Teologia, escritor (Os Segredos da PÁSCOA: e a Salvação do Povo de Deus | Perdão: assim como nós perdoamos), atua como professor no YouTube pelos canais Curso Bíblico Online e Devocional Bíblico Online.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O cristão e a neutralidade política



Fonte: Guiame


02/12/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO