NOTÍCIAS


Aliá: imigração de judeus da Rússia para Israel cresce 400% em 2022



O aumento de aliá da Rússia para Israel em 2022 sofreu um aumento de mais de 400%, em comparação com 2021, segundo novas estatísticas publicadas pela Ofek Israel – a National Aliyah Promotion Company.

As informações liberadas nesta quarta-feira (16) pela Ofek Israel mostram que 32.494 cidadãos russos desembarcaram em Israel neste ano, de acordo com a Lei de Retorno de Israel. Além disso, 14.450 fizeram aliá da Ucrânia, 3.280 da América do Norte, 1.957 da França e 1.474 da Etiópia.

Ainda segundo a Ofek Israel, cerca de 61.000 imigrantes de várias nacionalidades chegaram a Israel em 2022 em meados de novembro, o que equivale a 200% a mais do que no ano anterior. Os números finais serão publicados no final do ano.

Além disso, 493 imigrantes judeus chegaram do Reino Unido, 1.000 da Argentina, 411 da África do Sul e 1.750 da Bielorrússia em 2022.

A Ofek Israel realizará uma conferência especial para centenas de emissários de todo o mundo na próxima semana em Ashdod. Esses emissários trabalham com as comunidades judaicas em todo o mundo e são aqueles que cuidam do processo de aliá para aqueles que têm direito à Lei de Retorno de Israel. Os emissários conhecerão a variedade de programas de absorção oferecidos aos imigrantes.

Informações corretas

Aliá para Israel cresce conforme as informações corretas são distribuídas corretamente.

“Nos últimos anos, o incentivo à imigração para Israel foi realizado com a ajuda de centenas de emissários localizados em todo o mundo”, disse o CEO israelense da Ofek, Shimon Cohen, na quarta-feira.

Ele explicou que “quando a informação adequada é distribuída corretamente aos judeus em todo o mundo, dezenas de milhares de pessoas fazem aliá a Israel”.

“Tenho orgulho do privilégio que temos de cumprir a visão sionista todos os dias em nosso trabalho e fortalecer Israel com dezenas de milhares de novos imigrantes todos os anos”, disse o presidente da Ofek Israel, Dimi Afratsev.

“Mesmo durante a crise na Ucrânia, país onde servi como emissário no passado, soubemos como reagir rapidamente e garantir que aqueles com direito à aliá voltassem para casa em Israel.”



Fonte: Guiame


16/11/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO