NOTÍCIAS


Abe Huber diz que a maior ameaça para a Igreja são ‘cristãos sem paixão por Jesus’


A maior ameaça para o cristianismo são os cristãos que deixaram sua paixão por Jesus se esfriar. Foi o alerta que o pastor Abe Huber levou à conferência Voz dos Apóstolos na quinta-feira (6), em São José dos Campos (SP).

Abe Huber, pastor da Paz Church, leu o artigo de um autor americano, trazendo o seguinte alerta: “A maior ameaça para o cristianismo nos EUA nesse século não é o islamismo radical, nem o aumento do secularismo, nem as clínicas de aborto, nem a comunidade gay e nem os juízes esquerdistas. A maior ameaça para a igreja americana são os próprios cristãos americanos. Eles não estão vivendo uma vida apaixonada por Deus e que atraia outras pessoas a se tornarem cristãs.”

Abe contou que, no início de setembro, esteve em uma caravana para Israel e visitou a Turquia, onde estavam as sete igrejas do Apocalipse. Lá, ele percebeu o quanto a falta de paixão dos cristãos pode resultar em consequências drásticas no futuro.

“Houve uma época em que mais de 90% daquela região era cristã. É lá que temos as cartas aos Efésios e Gálatas, por causa das grandes igrejas que existiam lá. A igreja em Éfeso chegou a ter mais de 40 mil pessoas. O que aconteceu? Porque hoje a Turquia tem 85 milhões de habitantes e 0,6% de cristãos — e de cristãos nascidos de novo, são apenas 0,04%? Essa igreja, que era tão cheia do poder de Deus, agora é praticamente 100% muçulmana. Qual foi o problema?”

“Talvez você diga que os muçulmanos forçaram a conversão de todos, mas isso não é verdade. As pessoas se converteram ao Islã de forma espontânea”, observou Abe.

O pastor conta que naquele tempo, o Império Otomano determinou que cidadãos que não fossem muçulmanos teriam que pagar 50% de imposto, o que atingiu diretamente a maioria da população, que era de classe baixa.

“Os cristãos em massa, voluntariamente, se tornaram muçulmanos; porque não eram mais cristãos apaixonados por Jesus”, observou. “Eu acredito que a grande maioria não era nem nascida de novo. Eles não tinham um relacionamento vivo com Deus. Um pouco de perseguição ou problema financeiro foi o suficiente para eles abandonarem a fé.”


Pastor Abe Huber no VOA 2022. (Foto: Global Awakening Brasil)

É por isso que Abe pontuou que tanto nos Estados Unidos, como no Brasil, a ameaça para o cristianismo permanece a mesma: vivemos uma vida cristã de forma confortável e relaxada.

”Temos uma vida que não é apaixonada por Jesus”, lamentou. “O problema da igreja na Ásia Menor não foi a perseguição — se fosse isso, eles teriam morrido por Jesus e a igreja cresceria mais — mas foi não ter sido apaixonada por Jesus.”

Como ser apaixonado por Jesus? De acordo com Abe, é tendo uma vida conectada intimamente ao Espírito de Deus.

“Quantos pastores e líderes estão tentando praticar o ministério na força do braço? Onde está a água do Espírito Santo para trazer os peixes?”, questionou. “A unção do Espírito Santo é o que faz toda a diferença”.


Pastor Abe Huber no VOA 2022. (Foto: Global Awakening Brasil)

Fazendo um paralelo com o aviso de Jesus aos discípulos, na qual os orienta a ficar em Jerusalém até serem revestidos do poder do alto (Lc 24:49), o pastor disse: “Mesmo o cristão que já tem o Espírito Santo dentro dele, tem que ser revestido com poder. Porque é a unção que vai fazer toda a diferença!”

“Muitos cristãos, corretamente, buscam muito o batismo do Espírito Santo e os dons. Uma vez que recebem, eles param de buscar e cultivar a intimidade com o Espírito Santo. Mas Jesus disse que tem mais!”, Abe destacou. “Não basta só ser batizado com o Espírito Santo, Deus quer te dar muito mais. Ele quer te dar uma nova unção que vai fazer toda a diferença.”

Sobre a Voz dos Apóstolos

A Voz dos Apóstolos já acontece há 20 anos nos Estados Unidos, com a proposta de reunir os “generais da fé” dos dias modernos a fim de transmitir ensino, capacitação e unção.

No Brasil, a conferência esteve em sua 2ª edição, de 5 a 8 de outubro, na Igreja da Cidade, em São José dos Campos (SP).

Além de Randy Clark, idealizador do encontro, houve preletores brasileiros como Carlito Paes, JB Carvalho, Abe Huber e Paulo Mazoni. Entre os internacionais, estão Leif Hetland, Tom Jones, Katherine Ruonala, Kim Maas, William Wood, Charity Cook, Richie Seltzer e Brian Starley.



Fonte: Guiame


10/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO