NOTÍCIAS


‘A antiga Antioquia agora é uma cidade fantasma’, lamenta pastor na Turquia



Um vídeo com relatos de Marc Madrigal, que é pastor de uma igreja em Istambul, mostra como a cidade de Antakya — a antiga Antioquia da Síria — ficou depois do terremoto devastador, ocorrido em 6 de fevereiro, deixando mais de 40.000 mortos. 

Ele viajou para a zona do desastre em representação da Fundação da Igreja Protestante Turca e ao chegar lá, constatou que 80% dos prédios desabaram ou terão que ser demolidos.

O vídeo foi gravado na manhã de 15 de fevereiro, doze dias após o desastre natural. Em 5 minutos de gravação, somente a voz do pastor e o som dos pássaros são ouvidos. 

‘Cidade fantasma’

Madrigal lamenta que a antiga Antioquia, que foi a terceira maior cidade do Império Romano, seja agora “uma cidade fantasma”. 

“A maioria das pessoas partiu, talvez uns 10% tenha ficado. Os que ficaram são pessoas sem recursos, refugiados sírios ou pessoas que não querem perder seus pertences. Muitos foram para Ancara e outras cidades”, ele explicou. 

“Há muita necessidade aqui. Não há água, não há eletricidade e a infraestrutura está em colapso. Serão necessários 2 ou 3 anos para que as pessoas reconstruam suas casas”, disse.

“As pessoas que ficam em barracas ou contêineres vão precisar de geradores de energia. Além disso, vão necessitar de tanques de água para higiene pessoal e lavagem de roupas”, continuou.

“Há um trauma tremendo aqui”

Além de todos os problemas já citados, o pastor lembra ainda do frio intenso. “Faz frio demais aqui, então, aquecedores também seriam muito úteis. As pessoas se reúnem à noite e acendem fogueiras”, contou. 

“Apesar do terremoto e suas consequências, elas conversam e conseguem rir e tudo parece normal. Mas não é assim. Ontem eu estava conversando com um irmão que parecia bastante alegre. Mas ele me disse que havia perdido todos os seus netos e que sua filha havia sido resgatada dos escombros e estava no hospital”, disse. 

Segundo Madrigal, existem muitas histórias como esta, de pessoas que perderam parentes ou vizinhos. “Há um trauma tremendo aqui”, considerou ao dizer que há cidades menos afetadas, mas é possível que em Antakya é onde a situação parece pior.

‘Queremos nos envolver como Igreja’

“Como Igreja, isso é o que posso compartilhar até agora, pois queremos nos envolver com as pessoas daqui a longo prazo”, disse. 

Um vídeo gravado por um drone de 55 minutos pela Euronews mostra a extensão da destruição em Antakya, que tinha uma população de mais de 200.000 pessoas antes do terremoto.



Fonte: Guiame


16/02/2023 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
ADORAÇÃO MÁXIMA