NOTÍCIAS


2.000 cristãos de 70 nações marcham em Jerusalém na Festa dos Tabernáculos


Milhares de cristãos marcharam pelas ruas de Jerusalém em celebração ao Sucot, também conhecido como Festa dos Tabernáculos. Desta vez, mais de 2.000 cristãos de 70 nações foram à Terra Santa nesta data simbólica.

A tradicional Marcha de Jerusalém aconteceu na última quinta-feira (13), após um hiato de dois anos devido à pandemia. A festa é realizada todos os anos pela Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém (ICEJ, na sigla em inglês).

“Foi lindo representar meu país na Marcha de Jerusalém hoje”, disse Peyman Motjtahedi, um iraniano que hoje é líder de louvor de sua igreja em Dallas, no Texas. 

O iraniano disse que esta é sua primeira vez em Israel e que se emocionou com a recepção dos judeus com os quais interagiu na viagem. “Quando eu disse a eles que os amava sendo iraniano, eles ficaram chocados. Várias pessoas ficaram com lágrimas nos olhos, especialmente os judeus persas que reconheceram minha bandeira”, disse Peyman.

Dezenas de delegações andaram pelas ruas carregando as bandeiras de seus países. Só a delegação do Brasil, por exemplo, contou com cerca de 400 participantes.

O início da marcha foi marcado pela presença do prefeito de Jerusalém, Moshe Lion, que esteve ao lado do presidente do ICEJ, Dr. Jürgen Bühler. 

“Que alegria para os nossos peregrinos cristãos estar de volta à Marcha de Jerusalém saudando os israelenses pelas ruas da capital, após dois anos de restrições de viagem devido ao coronavírus”, disse Bühler. 


(Foto: International Christian Embassy Jerusalem/Levi Dörflinger)

Manasa Kolivuso, um pastor de Fiji, também se emocionou com sua primeira experiência em Israel. “Foi um prazer para mim conhecer todos os israelenses hoje ao longo do trajeto da marcha e dizer a eles que os apoiamos e oramos por eles”, disse.

Noite de adoração

Na noite antes da marcha, na quarta-feira (12), aconteceu a abertura do evento da ICEJ em uma celebração especial. A “Chamada das Nações” aconteceu na Pais Arena em Jerusalém, marcada pela participação de pelo menos 85 países.

“Nesta noite especial, cada nação representada na festa se apresenta diante do Senhor em Sião, com suas bandeiras nacionais”, diz a ICEJ. “Esta é uma demonstração poderosa do Espírito de Deus se movendo entre as nações para despertar amor por Ele e por Seu povo, Israel.”


(Foto: International Christian Embassy Jerusalem/Levi Dörflinger)

Sharren Haskel, co-presidente do Comitê de Aliados Cristãos do Knesset (parlamento de Israel), fez uma saudação oficial aos peregrinos da festa e agradeceu às nações por terem ido a Jerusalém. 

“O profeta Zacarias falou de um tempo futuro em que todas as nações viriam a Jerusalém para celebrar o feriado de Sucot. Olhe ao seu redor agora. Somos a prova viva da precisão da Bíblia e da verdade da Palavra de Deus”, compartilhou Haskel.



Fonte: Guiame


17/10/2022 – Destak Gospel

COMPARTILHE

SEGUE A @DESTAKGOSPELFM

(21) 98232-3994

destakfm@msn.com
Rio de Janeiro

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO